Notícias Joio

'Rocketman', filme sobre Elton John, ganha 2º trailer; ASSISTA

G1 - Cinema - 2 horas 10 minutos atrás

Filme sobre a vida de Elton John estreia em 30 de maio. Assista ao trailer do filme 'Rocketman' A vida de Elton John vai ser contada em "Rocketman", que ganhou o trailer oficial nesta quinta (21). Dirigido por Dexter Fletcher, o filme estreia no Brasil em 30 de maio. O longa terá uma trama musical e de fantasia sobre os primeiros anos de John no negócio da música. No elenco, o ator Taron Egerton ("Kingsman") interpreta o cantor britânico. Já Jamie Bell é o compositor e parceiro Bernie Taupin, Richard Madden aparece como o primeiro empresário, John Reid e Bryce Dallas Howard é a mãe de Elton, Sheila Farebrother. A história deve mostrar seus anos de estudo na Royal Academy of Music, renomado conservatório em Londres, e sua luta contra o vício em drogas. O filme ganhou o primeiro trailer em outubro do ano passado. 'Rocketman', filme sobre Elton John, estreia nos cinemas em maio de 2019 Divulgação Taron Egerton vive Elton John no filme 'Rocketman' Divulgação 'Rocketman', filme sobre Elton John, estreia em maio de 2019 Divulgação
Categorias: Notícias

Oscar 2019: Rami Malek tem maioria da torcida dos leitores do G1 para prêmio de Melhor Ator

G1 - Cinema - 4 horas 19 minutos atrás

Bradley Cooper ficou com a segunda colocação na votação, seguido de Christian Bale. Rami Malek interpreta Freddie Mercury em 'Bohemian Rhapsody' Divulgação Se depender da torcida dos leitores do G1, Rami Malek leva o Oscar de Melhor Ator no Oscar 2019. A cerimônia acontece neste domingo (24), no Teatro Dolby, na, Califórnia, EUA. Em enquete para apontar para quem ia sua torcida, Rami ficou com 50,87% dos votos por seu trabalho em “Bohemina Rapsody”, onde interpretou o vocalista do Queen, Freddy Mercury. Bradley Cooper ("Nasce Uma Estrela") ficou na segunda posição, seguido de Christian Bale ("Vice"). Rami Malek já levou o Globo de Ouro de Melhor Ator de Drama por seu trabalho no longa. O ator também venceu o SAG Awards pelo mesmo projeto. Confira o resultado da votação: Rami Malek ("Bohemian Rhapsody") - 50,87 % Bradley Cooper ("Nasce Uma Estrela") - 19,58 % Christian Bale ("Vice") - 13,29 % Willem Dafoe ("No Portal da Eternidade") - 9,27 % Viggo Mortensen ("Green Book") - 6,99 % Initial plugin text
Categorias: Notícias

'Sai de baixo', 'Querido menino' e 'Todos já sabem' chegam aos cinemas; veja trailers

G1 - Cinema - 8 horas 55 minutos atrás

Cardápio de estreias tem clássico da TV transformado em filme e 2 opções dramáticas. 'A morte te dá parabéns 2' também é destaque; G1 comenta em VÍDEO Nostálgicos poderão matar a saudade de um clássico da TV nos cinemas nesta semana. "Sai de baixo - O filme" chega acompanhado de "Querido menino" e "Todos já sabem". O terror "A morte te dá parabéns" também é destaque. Miguel Falabella, Marisa Orth, Daniel Filho e Tom Cavalcante, de 'Sai de baixo - O filme' Reprodução O G1 comenta as estreias da semana no VÍDEO acima; veja trailers abaixo Assista ao Trailer de Sai de Baixo 'Sai de baixo - O filme' O filme é a volta dos personagens icônicos da série de sucesso, como Caco (Miguel Falabella), Magda (Marisa Orth) e Ribamar (Tom Cavalcante), com novos personagens que vão se juntar à bagunça. 'Querido menino' David Sheff (Steve Carell) é um conceituado jornalista e escritor que vive com a segunda esposa e os filhos. O filho mais velho, Nic Sheff (Timothée Chalamet), é viciado em metanfetamina e abala completamente a rotina da família e daquele lar. David tenta entender o que acontece com o filho, que teve uma infância de carinho e suporte, ao mesmo tempo em que estuda a droga e sua dependência. Nic, por sua vez, passa por diversos ciclos da vida de um dependente químico, lutando para se recuperar, mas volta e meia se entregando ao vício. 'Todos já sabem' Quando sua irmã se casa, Laura (Penélope Cruz) retorna à Espanha para acompanhar a cerimônia. Por motivos de trabalho seu marido argentino (Ricardo Darín) não pode ir com ela. Chegando no local, Laura reencontra o ex-namorado, Paco (Javier Bardem), que não via há muitos anos. Durante a festa de casamento, uma tragédia acontece. Toda a família precisa se unir diante de um possível crime de grandes proporções, enquanto se questionam se o culpado não está entre eles. Na busca por uma solução, segredos e mentiras são revelados sobre o passado de cada um. 'A morte te dá parabéns 2' Continuação do filme de terror de 2017. Desta vez, a heroína Tree descobre que morrer repetidas vezes é surpreendentemente mais fácil do que os perigos que ela tem pela frente.
Categorias: Notícias

Votação do Oscar pode ser mais complicada do que você imagina; entenda como vencedor é eleito

G1 - Cinema - 8 horas 55 minutos atrás

Cinema encontra a matemática nos processos que definem indicados e o grande vencedor da noite. Compreender isso pode te ajudar a brilhar no bolão; veja VÍDEO. Como funciona a votação do Oscar Você já parou para pensar sobre como um vencedor do Oscar é escolhido? O processo para definir quem subirá ao palco do Teatro Dolby, em Los Angeles (EUA), no próximo domingo (24) pode ser mais complicado do que você imagina. Uma coisa é certa: o vídeo acima e o texto abaixo podem te ajudar a ganhar o bolão da firma. Veja o passo a passo. Escolha dos indicados Como quase tudo na premiação, a escolha dos indicados é feita pelos cerca de 7 mil membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que não são obrigados a votar. A organização contrata uma auditoria, a PwC, para gerenciar o processo, feito por um sistema chamado método preferencial. Funciona assim: 1. Quem vota em quem? Para escolher os indicados, cada membro vota sobre a área que pertence. Ou seja: atores votam nas categorias de atuação, diretores, na de direção e assim por diante. Isso não vale para categoria de Melhor Filme, em que todos podem votar. 2. Listas de preferidos: Para votar, cada membro envia uma lista com seus filmes favoritos, classificados por ordem de preferência. Podem ser cinco para a maioria das categorias ou até 10 para Melhor Filme. indicados ao oscar Divulgação 3. O cinema encontra a matemática: O que define quais filmes entrarão na listas de indicados é um cálculo que chega a um "número mágico" - ele é realmente chamado assim. Esse número é o resultado da seguinte conta: O total de listas enviadas para determinada categoria (ou seja, o número de membros votantes) dividido pelo número de filmes que podem ser indicados naquela mesma categoria + 1. Digamos que esse número seja 500 (se, por exemplo, 5.500 membros votarem e 10 filmes puderem ser indicados). Então, se um candidato foi colocado na primeira colocação da lista por mais de 500 membros, ele garante uma vaga entre os indicados. 4. E se sobrarem vagas? Geralmente é o que acontece, já que são muitos filmes e muitos votantes. O processo segue para uma próxima rodada. As listas cujo primeiro lugar já conseguiu ser indicado são desconsideradas. Cria-se um novo "número mágico" com o novo número de listas. O candidato que foi colocado menos vezes em primeiro lugar pelos membros também é eliminado. Nessas listas, é considerado o segundo lugar. 5. Redistribuição dos votos: O processo acima se repete em quantas rodadas forem necessárias até que todas as vagas disponíveis preenchidas. E o Oscar vai para... Chegamos à etapa de escolher os vencedores. O prazo para votação dos membros da Academia terminou nesta terça-feira (19). Para 23 categorias, o processo é mais simples: ganha aquele com o maior número de votos. Mas, para Melhor Filme, o método é parecido com o adotado para a escolha dos indicados. Funciona assim: 1. Quem vota? Dessa vez, todos os membros da Academia podem votar. Não há mais divisão por classe. 2. Lista de preferidos: De novo os membros precisam enviar um ranking, agora dos filmes indicados, classificando-os do que mais gostou ao que menos gostou. 3. 50% + 1: Para ganhar o grande prêmio da noite, um filme precisa estar em primeiro lugar em mais da metade das listas enviadas por membros. 4. É fácil assim? Não! Raramente um título atinge a marca já na primeira rodada. São muitos votantes, lembra? Então, o filme menos votado em primeiro lugar é desclassificado. Nas listas em que ele lidera, o segundo lugar é considerado. 5. Redistribuição dos votos: De novo, o processo se repete em quantas rodadas forem necessárias até que um filme ocupe mais de 50% dos primeiros lugares. O que isso quer dizer? Por causa do processo de escolha dos indicados e vencedores, filmes corretos, com certa unanimidade na crítica, têm vantagem no Oscar sobre aqueles que são do tipo ame ou odeie. Elenco de 'A forma da água' sobe no palco do Oscar para celebrar prêmio de Melhor Filme na premiação de 2018 Chris Pizzello/Invision/AP Isso porque, no processo de redistribuição dos votos, se um título é colocado muitas vezes em segundo lugar nas listas, por exemplo, ele tem grandes chances de virar primeiro. Isso não acontece com os filmes que são colocados muitas vezes em último lugar, mesmo que ele tenha conseguido um número considerável de primeiros lugares. Ciente de toda essa matemática, já dá para brilhar no bolão. Não esqueça de agradecer ao G1 no discurso. Dicionário do Oscar: O que cada categoria técnica premia?
Categorias: Notícias

Serena Williams, Barbra Streisand e outros nove vão apresentar os indicados a Melhor Filme

G1 - Cinema - 20 Fevereiro, 2019 - 17:03

Ao todo são onze artistas para apresentar a categoria, que tem oito filmes indicados. Cerimônia de premiação acontece no domingo (24). Serena Williams AP Serena Williams, Tom Morello e Barbra Streisand são três das onze celebridades que vão apresentar os indicados a Melhor Filme na cerimônia que acontece neste domingo (24). A Academia fez o anúncio no seu site oficial na quarta (20). Além desses, os atores Dava Carvey, Diego Luna e Mike Myers, o político John Lewis, o chefe José Andrés, o apresentador e comediante Trevor Noah, a cantora Queen Latifah vão "compartilhar suas reflexões sobre os filmes", segundo comunicado. A atriz Amandla Stenberg, que estava na lista geral de apresentadores, foi remanejada para essa categoria. Barbara Streisand postou no Instagram: "Vejo vocês no domingo". A cantora, atriz e diretora norte-americana já ganhou dois Oscars e foi indicada a outras três categorias. Initial plugin text A atriz Amandla Stenberg, que estava na lista geral de apresentadores, foi remanejada para essa categoria. Concorrem na categoria de Melhor Filme: "Bohemian Rhapsody" "Infiltrado na Klan" "A Favorita" "Pantera Negra" "Green Book: O guia" "Roma" "Nasce Uma Estrela" "Vice" Veja quais são os apresentadores previamente anunciados pela Academia: Elsie Fisher, Danai Gurira, Brian Tyree Henry, Michael B. Jordan, Michael Keaton, Helen Mirren, John Mulaney, Tyler Perry, Pharrell Williams, Krysten Ritter, Paul Rudd and Michelle Yeoh. Javier Bardem, Angela Bassett, Chadwick Boseman, Emilia Clarke, Laura Dern, Samuel L. Jackson, Stephan James, Keegan-Michael Key, KiKi Layne, James McAvoy, Melissa McCarthy, Jason Momoa and Sarah Paulson. Awkwafina, Daniel Craig, Chris Evans, Tina Fey, Allison Janney, Brie Larson, Jennifer Lopez, Frances McDormand, Gary Oldman, Amy Poehler, Sam Rockwell, Maya Rudolph, Charlize Theron, Tessa Thompson and Constance Wu.
Categorias: Notícias

Queen, Lady Gaga e outros shows levarão clima de Grammy a Oscar sem apresentador

G1 - Cinema - 20 Fevereiro, 2019 - 16:53

Banda com Adam Lambert como vocalista iniciará cerimônia no domingo (24) com uma apresentação ao vivo que comemorará o sucesso de bilheteria de 'Bohemian Rhapsody'. Adam Lambert e Queen no Rock in Rio Fabio Tito/G1 Não haverá um apresentador na cerimônia do Oscar, que tampouco começará com o monólogo tradicional em que celebridades e políticos são satirizados. Mas graças à banda de rock Queen, à estrela pop Lady Gaga e aos dois musicais na disputa pelo melhor filme, a celebração das maiores honrarias da indústria cinematográfica no domingo terá um clima musical atipicamente forte agora que se empenha em reconquistar as audiências televisivas. O Queen, com Adam Lambert como vocalista principal, iniciará o show de 24 de fevereiro com uma apresentação ao vivo que comemorará o sucesso de bilheteria de "Bohemian Rhapsody", indicado ao prêmio de melhor filme, disse um representante do grupo britânico. Bette Midler, Jennifer Hudson, Jennifer Lopez e o produtor musical Pharrell Williams também devem comparecer ou subir ao palco, assim como o ator Daniel Craig, dos filmes de James Bond, a campeã de tênis Serena Williams, Chadwick Boseman, astro de "Pantera Negra", e as comediantes Tina Fey e Amy Poehler. São poucos os detalhes sobre o primeiro Oscar em 30 anos sem um apresentador, o que desperta a curiosidade para a última e mais importante premiação da temporada. O comediante Kevin Hart desistiu de apresentá-la em dezembro depois que tuítes homofóbicos que publicou no passado vieram a público. Uma coisa é certa: o espetáculo da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos não será mais curto. Uma promessa feita à rede ABC de limitar a transmissão a três horas foi arruinada na semana passada quando a Academia se curvou a protestos e desistiu do plano de entregar quatro dos 24 Oscars durante os intervalos comerciais. Initial plugin text
Categorias: Notícias

Como estúdios gastam milhões para promover indicados ao Oscar

G1 - Cinema - 20 Fevereiro, 2019 - 14:56

Netflix e Warner Bros. são alguns dos distribuidores com maior investimento em busca de prêmio. Cerimônia com os melhores do cinema acontece neste domingo (24). Oscar 2019 Matt Sayles/Invision/AP Fazer um filme inesquecível não é a única exigência para conquistar o prestigioso Oscar de melhor filme, também é preciso gastar milhões de dólares em anúncios para televisão e internet e com viagens, cabeleireiro e maquiagem de atores para eventos de divulgação de seu trabalho. Se a disputa estiver apertada, como será a da cerimônia de premiação de domingo, os estúdios precisam se empenhar ainda mais para cair nas graças dos cerca de oito mil eleitores da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos. Netflix e Warner Bros. são alguns dos distribuidores que estão abrindo as carteiras para tentar ficar com a estatueta dourada mais cobiçada. "Você tem que gastar dinheiro", disse Matthew Belloni, diretor editorial do "The Hollywood Reporter". "Você tem que trocar apertos de mão. Tem que ter uma mensagem para seu filme." "Trata-se de amaciar as pessoas lá fora e fazer a Academia saber a seu respeito e acreditar no seu filme", acrescentou. O investimento valerá a pena para o eventual vencedor. Um troféu de melhor filme traz mais lucro nas bilheterias e cacife para atrair astros de primeira grandeza para projetos futuros. Por isso, de dezembro até o final de fevereiro, atores, diretores, produtores e roteiristas se sujeitam a uma rotina intensa de almoços, exibições, recepções e debates, cruzando o país para se expor a eleitores nos polos cinematográficos de Nova York e Los Angeles. Além das estrelas do filme, os estúdios recrutam fãs de peso para que organizem eventos, como uma exibição de "Roma" com Angelina Jolie, parte da ofensiva do Netflix para ficar com o primeiro Oscar de melhor filme de um serviço de streaming. A campanha publicitária de "Roma" custou cerca de US$ 25 milhões, segundo estimativas da publicação especializada "Variety". Já o gasto da Warner Bros com "Nasce Uma Estrela" foi pouco inferior a US$ 20 milhões, disse a Variety. Grande parte deste investimento foi para comerciais de TV, além dos anúncios de internet em sites dedicados a Hollywood ou ao Facebook. Alguns também tentam incentivar os consumidores a verem os filmes. Parte da campanha da Warner Bros. envolveu cobrir um outdoor de Sunset Strip com uma foto de Ally, a personagem de Lady Gaga em "Nasce Uma Estrela", que é uma réplica daquele visto no filme e parece uma divulgação da estrela fictícia.
Categorias: Notícias

Oscar 2019: Vote em quem você acha que vai ganhar a premiação

G1 - Cinema - 20 Fevereiro, 2019 - 14:44
Participe das enquetes do G1 e tente acertar quem vai ganhar em 10 das principais categorias. Qual será o Melhor Filme do Oscar 2019? Initial plugin text Quem será o Melhor Ator no Oscar 2019? Initial plugin text Quem será a Melhor Atriz no Oscar 2019? Initial plugin text Quem será o Melhor Diretor no Oscar 2019? Initial plugin text Quem será a Melhor Atriz Coadjuvante no Oscar 2019? Initial plugin text Qual será a Melhor Canção Original no Oscar 2019? Initial plugin text Quem será o Melhor Ator Coadjuvante no Oscar 2019? Initial plugin text Qual será a Melhor Animação no Oscar 2019? Initial plugin text Qual filme vai ganhar na categoria Melhor Figurino no Oscar 2019? Initial plugin text Qual filme vai ganhar na categoria Melhores Efeitos Visuais no Oscar 2019? Initial plugin text
Categorias: Notícias

Após 'Infiltrado no Klan', Spike Lee fará novo filme para o Netflix, diz site

G1 - Cinema - 20 Fevereiro, 2019 - 10:18

Segundo o 'Deadline', 'Da 5 Bloods' será sobre o Vietnã e pode contar com o ator Jonathan Majors. O diretor norte-americano Spike Lee CCBB/Divulgação Após "Infiltrado no Klan", Spike Lee vai produzir um novo filme para o Netflix. A informação é do site especializado Deadline. De acordo com a publicação, "Da 5 bloods" será um filme sobre veteranos do Vietnã, que retornam à selva para encontrar sua inocência perdida. O drama deve contar com Chadwick Boseman ("Pantera Negra"), Delroy Lindo e Jean Reno no elenco. Jonathan Majors também está em conversa com Lee para estrelar o filme. Leia também: 'Infiltrado na Klan' é Spike Lee em grande forma ao discutir racismo com humor e acidez Enquanto a produção não tem início, Lee segue na expectativa sobre o Oscar 2019. O diretor está concorrendo com "Infiltrado no Klan" em duas categorias: Melhor Diretor e Melhor Filme. Se vencer a primeira opção, Lee ganhará seu primeiro Oscar como Diretor. Em 2006, o americano ganhou um Oscar Honorário e na época criticou a quantidade de negros concorrendo ao prêmio. Initial plugin text
Categorias: Notícias

Michael B. Jordan, Helen Mirren e Michael Keaton reforçarão time de apresentadores do Oscar

G1 - Cinema - 20 Fevereiro, 2019 - 09:27

Academia de Hollywood anunciou mais nomes de apresentadores nesta terça. Chadwick Boseman, Charlize Theron e Brie Larson já haviam sido convocados. Michael B. Jordan em cena de 'Pantera Negra' Divulgação A Academia de Hollywood anunciou nesta terça-feira (19) em comunicado uma nova lista de apresentadores da cerimônia do Oscar. Entre os nomes, estão os de Helen Mirren, Michael B. Jordan e Michael Keaton. A lista tem ainda Elsie Fisher, Danai Gurira, Brian Tyree Henry, John Mulaney, Tyler Perry, Pharrell Williams, Krysten Ritter, Paul Rudd e Michelle Yeoh. O ator americano Michael Keaton recebe homenagem na Calçada da Fama de Hollywood Nick Ut/AP "Estamos encantados de dar as boas-vindas à cerimônia a estes geniais artistas e cineastas", disseram Donna Gigliotti e Glenn Weiss, produtores da festa. "Contribuem com entusiasmo, atualidade e elementos de surpresa para o Oscar deste ano", acrescentaram. Na falta de um mestre de cerimônias neste ano, a organização já havia convocado para apresentar categorias Samuel L. Jackson, Javier Bardem, Angela Bassett, Chadwick Boseman, Emilia Clarke, Laura Dern, Stephan James, Keegan-Michael Key, KiKi Layne, James McAvoy, Melissa McCarthy, Jason Momoa e Sarah Paulson. Também estarão presentes Awkwafina, Daniel Craig, Chris Evans, Tina Fey, Whoopi Goldberg, Brie Larson, Jennifer López, Amy Poehler, Maya Rudolph, Amandla Stenberg, Charlize Theron, Tessa Thompson e Constance Wu. A festa deste domingo (24) não terá um apresentador principal pela primeira vez em 30 anos. O humorista Kevin Hart chegou a ser anunciado para ocupar o posto, mas desistiu após ser criticado por mensagens antigas consideradas homofóbicas. "Roma", filme de Alfonso Cuarón, é o grande favorito no Oscar 2019, com dez indicações, o mesmo número que "A favorita", de Yorgos Lanthimos.
Categorias: Notícias

Por que atores mexicanos estão atacando Yalitza Aparicio, indicada ao Oscar de Melhor Atriz por 'Roma'

G1 - Cinema - 20 Fevereiro, 2019 - 07:34

De origem indígena e sem experiência com cinema, Yalitza Aparicio sensibilizou o público como protagonista do filme 'Roma' e foi indicada ao Oscar; mas tem enfrentado uma série de críticas no México. Yalitza Aparicio ("Roma") Divulgação "Não é atriz", "não tem vocação nem futuro na área" e tem a "sorte das feias". Essas são apenas algumas das críticas feitas à atriz mexicana Yalitza Aparicio, protagonista do filme Roma, nomeado a 10 categorias do Oscar neste ano. E não se trata de comentários de redes sociais, mas sim de diretores, atrizes e apresentadores de televisão inconformados com o sucesso de Yalitza. A declaração mais recente foi do ator Sergio Goyri, que pediu desculpas depois que vazou um vídeo no qual ele aparece reclamando que tenham "nomeado uma índia" ao Oscar. Ao saber dessa declaração, Yalitza disse: "Estou orgulhosa de ser uma indígena oaxaqueña e só lamento que haja pessoas que não sabem o significado correto das palavras." Initial plugin text Na semana passada, foi divulgado que um grupo de atores tentou evitar que Yalitza fosse escolhida como melhor atriz no prêmio Ariel, entregue pela Academia Mexicana de Artes e Ciências – o mais prestigiado do país. A tentativa de boicotar a nomeação da atriz de origem indígena foi divulgada no Twitter por Rossana Barro, coordenadora do Festival Internacional de Cinema Morelia. "Soube que há um grupo de atrizes mexicanas que está se organizado para pedir à academia de cinema que Yalitza Aparicio não seja considerada para a categoria de melhor atriz", escreveu Rossana Barro, em 11 de fevereiro. "É a coisa mais medíocre, patética e vil que já escutei. Não direi mais nada", acrescentou. Não se sabe quem fazia parte do grupo e há quem questione a sua existência. Mas a cineasta María José Cuevas, autora do documentário Bellas de Noche (Belas da Noite), disse que a tentativa de boicote, de fato, existiu. "Sim. Confirmado por vários lados", disse a cineasta pelo Twitter, ao ser perguntada sobre se a "fofoca" correspondia ou não à realidade. Initial plugin text 'Ela não atuou' O suposto boicote é parte da controvérsia que rodeia Yalitza Aparicio no México, especialmente após sua indicação ao Oscar na categoria de Melhor Atriz. Ela é a segunda atriz mexicana a conseguir esse feito, depois de Salma Hayek, em 2003, pela participação no filme Frida. Cena do filme mexicano 'Roma' Divulgação A maioria dos atores mexicanos parabenizou Yalitza – muitos com entusiasmo. Mas alguns parecem inconformados. Antes de participar de Roma, Yalitza era professora de pré-escola em Tlaxiaco, no estado Oaxaca. Os críticos à sua nomeação ao Oscar questionam a rápida ascensão na carreira. Um dos comentários mais frequentes é o de que Yalitza alcançou a fama "por sorte" e que nunca se preparou para atuar como atriz. Os adeptos dessa visão não admitem que Yalitza possa competir com protagonistas experientes. A apresentadora de televisão Elsa Burgos manifestou sua indignação pelo Facebook. "Não estou desmerecendo o trabalho de ninguém. Cada um sabe como e quando vai chegar onde quer. Mas, sinceramente, me digam: A atuação de Yalitza é espetacular para que seja nomeada ao Oscar?", questionou. "Ela não atuou. Ela é assim. Fala assim, se comporta assim, como a Cleo (nome da personagem de Yalitza no filme). O Oscar se dá a uma atuação que não tenha nada a ver com você." Outra declaração que gerou polêmica foi da cantora Yuri (Yuridia Valenzuela Canseco), que durante uma entrevista se disse contente por ver que alguém "com aquele tipo físico" esteja concorrendo ao Oscar. "Acho muito bom. Como que uma pessoa com esse tipo (físico foi indicada)? Não importa o físico, é o talento", disse. "Muita gente diz que se você está em Hollywood tem que ser muito mexicana, muito bonita e ter um corpaço. E ela é o contrário disso", acrescentou. A atriz Laura Zapata também criticou a aparência de Yalitza quando os jornalistas perguntaram sua opinião sobre o sucesso da protagonista de Roma. "Que sorte, né? É a sorte das feias", respondeu. O comentário foi muito criticado nas redes sociais – Zapata reagiu dizendo que tinha sido uma brincadeira. A atriz e produtora de televisão mexicana Patricia Reyes também minimizou o talento de Yalitza. "Ela fez bem o seu papel, mas não acho que vá fazer uma carreira disso", disse em entrevista à TV Azteca. "Não é a sua vocação, não é o que ela quer. Mas se (Alfonso) Cuarón (diretor de Roma) continuar a chamá-la para trabalhar, provavelmente será. Mas não sinto que seja sua vocação, é um momento, um flash", acrescentou. O diretor mexicano Alfonso Cuaron posa com os prémios Bafta de Melhor Filme e Melhor Diretor, por "Roma" Joel C Ryan/Invision/AP O que Yalitza Aparicio tem dito Nas redes sociais houve muita reação às críticas, com usuários dizendo que Yalitza está sendo alvo de inveja. Outros também acham que há discriminação. O ator mexicano Diego Luna, por exemplo, afirmou que não precisa ver Roma para saber do "racismo e a estratificação social" do México. Mas o que a protagonista de Roma tem dito? "Eu não conhecia muito sobre cinema. Eu me afastei totalmente do cinema porque considerava que não me pertencia, que era um mundo de sonhos a que eu não podia aspirar, porque nenhuma mulher que eu via nas telas se parecia comigo", afirmou em entrevista à imprensa. "Agora que comecei a pesquisar mais, já sei que há muitos atores incríveis que, sem ter estudado atuação, chegaram a ser grandes", concluiu. Ao ser perguntada sobre as críticas que tem recebido, em entrevista a uma emissora de TV mexicana, a atriz de Roma evitou alimentar a polêmica. "Comentar sobre esses comentários é dar a eles maior importância. Respeito a opinião de cada um. Eu sempre me alegro com a vitória dos outros, não costumo criticar. Mas todas as opiniões são bem-vindas", disse.
Categorias: Notícias

Alfonso Cuarón é aposta de diretores brasileiros no Oscar 2019, mas Spike Lee divide torcida

G1 - Cinema - 20 Fevereiro, 2019 - 06:00

No bolão do G1, 9 entre 10 cineastas brasileiros apostam em mexicano de 'Roma' na categoria Melhor Diretor. Para eles, Lee tem chance por momento político. Veja apostas. Cena do filme mexicano 'Roma' Divulgação Com o autobiográfico "Roma", Alfonso Cuarón deve confirmar seu favoritismo e levar a estatueta de Melhor Diretor no Oscar 2019, que acontece no próximo domingo (24). Essa é a aposta quase unânime de cineastas brasileiros consultados pelo G1 sobre a premiação (veja abaixo o bolão completo). Na brincadeira, eles responderam: Quem deve ganhar o prêmio? Quem você gostaria que ganhasse o prêmio? No primeiro quesito, nove entre dez diretores disseram que Cuarón será o escolhido. Se isso acontecer, será a quinta vez que um mexicano vence a categoria em seis anos. "Eles só não ganharam no ano em que não concorreram [2017, quando Damien Chazelle venceu por "La La Land"]", lembra Marina Person, diretora de "Califórnia" (2015). "E 'Roma' é um filme muito pessoal, autobiográfico, que tem muita chance." Cuarón já tem um Oscar no currículo, por "Gravidade" (2013). Com "Roma", indicado em 10 categorias neste ano, ele ganhou o prêmio do Sindicato dos Diretores dos EUA (DGA, na sigla em inglês), o que o fortaleceu na corrida pelas estatuetas da Academia. "Ele conseguiu criar várias cenas inesquecíveis, com um rigor e profundidade que têm tudo para entrar para a história do cinema", elogia Paulo Morelli, de "Cidade dos homens" (2007). Os favoritos do coração Mas, no coração dos cineastas brasileiros, o mexicano divide espaço com Spike Lee e seu "Infiltrado na Klan". Ele tem quatro votos de torcida, empatado com Cuarón. "É um filme muito forte e contemporâneo, que trata da ascensão da nova direita e se conecta com um passado muito recente", analisa Petra Costa, de "Elena" (2012). Adam Driver e John David Washington são os dois Rons Stallworths de 'Infiltrado na Klan' Divulgação "Acho que a direção dele é a mais arrojada, ousada e criativa entre os concorrentes. E a que melhor executa o que propôs", acrescenta José Eduardo Belmonte, de "Se nada mais der certo" (2008). Person, que também torce para Lee apesar de apostar em Cuarón, acredita que a força do debate sobre racismo em Hollywood pode aumentar a chance do cineasta, em um Oscar cada vez mais inserido em discussões sociais. "Além disso, Spike Lee já foi muito desdenhado. Merecia ganhar dessa vez", diz ela. Até 2019, o responsável por "Faça a coisa certa" (1989) e "Malcom X" (1992) nunca tinha concorrido na categoria Melhor Diretor ou Filme. "Isso é uma injustiça não só a ele, mas à relevância que um diretor tem como “contador de histórias”. Ele é um mestre", avalia Marcos Jorge, de "Estômago" (2007). E quem corre por fora? Yorgos Lanthimos, de "A favorita", tem a torcida de dois cineastas. Ele concorre pela segunda vez - a primeira foi pelo roteiro original de "O lagosta" (2015). Diretor de "O Grande Circo Místico" (2018), representante do Brasil que não conseguiu vaga entre os indicados a Melhor Filme Estrangeiro, Cacá Diegues defende: "Para mim, 'A favorita' é o melhor. Mas é difícil adivinhar quem ganha. O critério nem sempre é qualidade." Arte/G1 Initial plugin text
Categorias: Notícias

Qual será a Melhor Canção Original no Oscar 2019?

G1 - Cinema - 19 Fevereiro, 2019 - 11:00

Vote em quem você acha que vai ganhar a estatueta.
Categorias: Notícias

Qual filme vai ganhar na categoria Melhores Efeitos Visuais no Oscar 2019?

G1 - Cinema - 19 Fevereiro, 2019 - 10:56

Vote em quem você acha que vai ganhar a estatueta.
Categorias: Notícias

Qual filme vai ganhar na categoria Melhor Figurino no Oscar 2019?

G1 - Cinema - 19 Fevereiro, 2019 - 10:53

Vote em quem você acha que vai ganhar a estatueta.
Categorias: Notícias

Qual será a Melhor Animação no Oscar 2019?

G1 - Cinema - 19 Fevereiro, 2019 - 10:48

Vote em quem você acha que vai ganhar a estatueta.
Categorias: Notícias

Quem será o Melhor Ator Coadjuvante no Oscar 2019?

G1 - Cinema - 19 Fevereiro, 2019 - 10:44

Vote em quem você acha que vai ganhar a estatueta.
Categorias: Notícias

Quem será a Melhor Atriz Coadjuvante no Oscar 2019?

G1 - Cinema - 19 Fevereiro, 2019 - 10:38

Vote em quem você acha que vai ganhar a estatueta.
Categorias: Notícias

Quem será o Melhor Diretor no Oscar 2019?

G1 - Cinema - 19 Fevereiro, 2019 - 10:31

Vote em quem você acha que vai ganhar a estatueta.
Categorias: Notícias

Quem será a Melhor Atriz no Oscar 2019?

G1 - Cinema - 19 Fevereiro, 2019 - 10:27

Vote em quem você acha que vai ganhar a estatueta.
Categorias: Notícias

Páginas

Subscrever Joio agregador - Notícias