O filme dos Vingadores e o tamanho do seu pênis

16 posts / 0 new
Último post
Fabio Negro
Foto de Fabio Negro
O filme dos Vingadores e o tamanho do seu pênis

 

 

vem, neném!

A ANGÚSTIA DA PRESSÃO DE GRUPO

Há um evento da cultura pop com aceitação mundial e aclamado irrestritamente pelo núcleo duro de especialistas. Está acontecendo em 8 sessões diárias a 18 minutos da sua casa.

Victor & Léo

Você deve gostar ou você deve não gostar?

Se você gostar, o seu papel na corrida evolucionista de demonstração de aptidões sociais e sexuais deixará de ser evidente para as fêmeas. Você tão somente concordará com milhares de pessoas ao redor do mundo - dezenas delas circulando no seu território de batalha darwinista. Sua opinião (que equivale à exibição das penas do pavão) se diluirá no "gosto médio" e você perderá as fêmeas férteis de quadris mais largos e glândulas mamarias mais aptas, já que vários outros machos terão exatamente a mesma opinião a apresentar, e os critérios de desempate incluem dirigir Subarus e ter pênis bem maiores que o seu. As fêmeas velhas e doentes da rabeira do grupo vão te mandar SMSs nas noites de quinta-feira.

Se você não gostar, dois cenários são possíveis:

1) imediatamente você se transubstanciará no Garoto-Enxaqueca da turma ("DA TURMA"), o Não-Gosta-de-Nada, o Sr. Mimimi. Será uma campanha liderada por machos medíocres que não podem competir com os machos-alfa, então se comportam não como machos numa guerra, mas como gado: gostam de tudo que a Variety e a revista Alpha manda gostar, se contentam em repartir o cabelo, tomar uma Heineken na Lanchonete da Cidade® na companhia de suas fêmeas cheias de infecção urinária enquanto falam sobre SÓ VOCÊ não ter gostado do filme. Eles vão usar expressões como "desligar o cérebro" e "aquela cena é muito da hora". Você tomou a pílula vermelha e agora não pode mais sentir o sabor das falsas costeletas deles. Sua individualidade ousada (fora o ótimo sarcasmo) o expulsará do bando e colocará a mercê de predadores você e sua prole fraca que não passará nem no pré-vestibular do Objetivo. Se você está nessa posição, já estava acabado antes de estar nessa posição.

2) estando num ambiente tolerante e liberal (esquerdinha marxista ressentido com o poder da mídia global), será imediatamente aclamado como Iconoclasta: um herói anti-stablishment que pega seu carro, paga o estacionamento e 2 ingressos+pipoca - na quarta, que é mais barato - para depois desmontar o discurso de "xerifes do mundo" dos Estados Unidos e os esquematismos da diversão alienante de Hollywood. Ha!, eles não te pegaram com esse filme, certo? Você será destaque de uma facção que o apoiará dentro do bando maior – mas não o líder, que sempre será o Zé Maria, presidente do PSTU -: serão os Fãs de Almodóvar Que Gostaram de Meia-Noite em Paris (mas acham Hanna e Suas Irmãs chatinho). As fêmeas de categoria inferior desse grupo relativamente populoso estão dispostas a copular com qualquer um que tope bancar divorciadas de 29 anos com um filho ou mais, cujos óvulos estão virtualmente podres de ouvir Beatles, comer temaki e ler o Cinema em Cena.
Sabe Darwin que você está acabado.

 

Então: como proceder, amiche?
Você pode permanecer calado, sabendo que "o movimento é a característica dos fracos e a imobilidade é a qualidade dos fortes". Fique quieto e deixe que eles falem e se enrolem e depois se envergonhem e finjam que não falaram, como em Juno, X-Men 2, Batman Begins, Shia Labouf e os filmes do 007 com Daniel Craig. Aqueles fracos.
Também aproveite que ninguém pediu mesmo pra ouvir o seu pênis pequeno.

 

Você pode ainda, como Comte e eu, adotar o Positivismo para falar somente do que viu e experimentou, sem preconceitos passados nem ideologias presentes.
Enlarge your penis!

Ray J
Foto de Ray J

Beleza, legal. Agora fala o que andou fumando.

Saudações
Ray Jackson

Fabio Negro
Foto de Fabio Negro

Que seja escrito, e que seja lei:
Os filme d'Os Vingadores é ruim, mas o Hulk é bom.

O Hulk é bom o suficente pra valer o seu ingresso.

Mas peço cuidado! O Hulk não é bom como em "nooossa, aquela peça que o Hamlet reescreve dentro de Hamlet...!".
Ele é bom como em "VÉI! O GOKU CONSEGUIU SUBIR MAIS UM NÍVEL DE SUPER SAIYAJIN!!1! NOOOSSA KILOUCO!".
Ambos são bons e sei que essa diferença de boas qualidades é evidente para pelo menos 16% dos amigos desse fórum Joio. Assim como Jesus é o Verbo que se fez carne, o Hulk carnifica o conceito de Aristóteles da Catarse no gênero dramático.

Scarlet Johansson pelada

A perseguição final ao caminhão de combustível em Mad Max 2 também fez isso lá em 1981, mas o que Mel Gibson levou 14 minutos para preparar e executar, o Hulk faz quase instantâneamente: vai do 0km aos 100km em 2 segundos. E em várias cenas.

Este Hulk sai da tela para entrar na vanguarda da porrada barroca de grande prazer Cro-Magnon oculto.
Só vendo o que o trailer não mostra e o que as palavras não podem.

Nunca, NUN CA estive numa sala em que a platéia reagiu tão fortemente a um personagem.
As pessoas aplaudiram MESMO na cena dele com o Loki,
riram muito dele [spoiler ~~~>] socando o Thor [<~~~~spoiler]
e em geral gritaram e uivaram em todas as cenas de porrada do Hulk contra os aliens, particularmente quando ele [~~~~> spoiler] passa de Banner a Hulk e no mesmo segundo derruba a taturana Chitauri gigante com um soco[<~~~~spoiler].
Uivos, gritos e aplausos.

As notícas dessa semana são todas sobre a participação do Hulk nos próximos filmes dos Vingadores, do novo seriado e do novo flme solo dele, e sobre o aumento das vendas de produtos relacionados a ele.
A Marvel acertou na loteria.
O Hulk está para os Vingadores como o Coringa para O Cavaleiro das Trevas.

Mas existe a outra parte dos Vingadores: todos os outros super-heróis e suas relações interpessoais, incluindo Nick Fury, o chefão caolho da Shield. Essa é a parte ruim. Aliás, a parte medíocre.
Que todo mundo sabe “medíocre” ser PIOR que ruim.

São os mesmos problemas apontados nos 2 posts sobre Cloverfield aqui no fórum Joio: enquanto não rola a ação-porrada boa (as do Hulk), rola uma ação-palavras-de-ordem e ação-precisamos-nos-unir.

Uma vez Frank Miller fez uma crítica genialmente sintética sobre o lero-lero, o guéri-guéri e o verniz-pseudo-verniz de seriedade que os super-heróis vêm recebendo desde os anos 80 (graças a ele e a Watchmen, aliás):
"Eu não quero ler sobre o casamento do Flash. Eu quero vê-lo se mover rápido."
Exatamente! Chico Miller falou e Chico Miller disse!

E dessa vez nem dá pra culpar o David Goyer, num dos poucos filmes de super-heróis em que ele não pôs a mão imunda com a qual masturba o Syd Field.

Se você paga ingresso para ver Os Vingadores, não é pra ouvir conversa.
Bom, se o filme fosse dirigido pelo Scorsese ou escrito pelo David Mamet, poderia ser?
Dá pra esperar o bom equilíbrio de ação e diálogos.

Mas o que esperar dos roteiristas ZACK PENN (Wolverine) e JOSS WHEDON (Joss. Whedon.)?

Eu não quero ouvir insights do Thor sobre a natureza humana e o Loki ouvindo parado. Pq ele fala como um ingênuo reducionista do Colorado.
Nem ouvir os colóquios do Capitão América sobre homens de verdade ou heroísmo. Pq ele fala como um paródia de Abraham Lincoln.
Nem quer ouvir o Samuel L. Jackson mandando Arte da Guerra Para Porta-Aviões Bélicos numa videoconferência com os membros da mão invisível da guerra.
"Oooooomeudeeeeeus!", já dizia o Alborguetti.
POR FAVOR, SOLTEM RAIOS PELOS OLHOS!! VOCÊS NÃO SABEM CONVERSAR!

Nos filmes clássicos de Hollywood lê-se nos créditos a existência de um DIRETOR DE DIÁLOGOS. Faltou um aqui.

Os personagens do Kevin Smith sabem conversar.
Os personagens do Quentin Tarantino sabem conversar.
Os personagens do Francis Ford Coppola sabem conversar.
Os personagens do Robert Altman super sabem conversar, APRENDÃO!

Os personagens do Joss Whedon NÃO sabem conversar (credo, Buffy Malhação!).
Os personagens do J.J. Abrams NÃO sabem conversar (credo, Lost frases 100% pressão!).
Os personagens do Christopher Nolan NÃO sabem conversar (credo, tudo! [exceto o Coringa])

(Há uma zona matizada entre os que sabem e os que não sabem escrever conversas, e nela moram os bons filmes em que os personagens não se ouvem, apenas fazens bons discursos um para o outro, boas frases de efeito ou são escada para as boas frases um do outro. Sergio Leone, Woody Allen e Howard Hawks em 85% dos filmes me vêm à mente mais rapidamente)

Todos os não-Hulk são um desperdício de falas, humor e ação.

A ação tem o mesmo problema das DC Animation: personagens são arremessados em árvores, paredes e carros e os quebram com facilidade imensa. Imediatamente se levantam. No máximo um sanguinho na boca ou mancar 2 passos.
Isso esgarça a ação. Nenhum nível de força ou resistência fica definido.

O martelo do Thor abre uma clareira na floresta com o impacto de um golpe, mas não derruba o Capitão América. Isso tá explicado pelo material do qual é feito o escudo do Caps, mas... é bem inverossímil.

A sede da Shield sendo destruída não causa impacto.
O Homem de Ferro empurrando a turbina do porta-aviões da Shield com a força da armadura não causa impacto.
A morte do [personagem importante que morre] não causa impacto.
Ou é tudo exagerado além do ponto, e o mingau desanda, ou é muito corrido e o mingau fica ralo.

Um bom exemplo é a cena do Samuel L. Jackson derrubando um caça com uma bazuca. O negão descolado vai dar uma de super-herói! Yeah! Poderia ser tão memorável quanto o “Não passarão” do Gandalf. Mas a cena rola e você fala “É... tá certo, tá certo.”.
Justamente na hora boa de exagerar eles tiraram o pé.

Dá saudade do helicóptero no túnel do metrô do primeiro Missão Impossível.
Na hora do exagero, vamos exagerar!

E o que foi aquele estoque de sacos de areia fake do Capitão América que tavam mais leves que a minha gaveta de cuecas! Hahahaha.
E a destruição generalizada de Manhattan é tão nada!
A primeira fase de Black (PS2) me deu muito mais sensação de inferno.

Faltou peso em tudo. O que define os filmes da Marvel em geral.
Mais fun e menos realismo.

Pensando em bons vilões de cinema como o Coringa, Darth Vader ou Nick Santoro (Joe Pesci em Cassino), eles são bem consistentes, agem sempre pela mesma linha de raciocínio e trazem grande carga de desconforto emocional ao filme e aos protagonistas. Pra gente pensar “alguém precisa parar esse cara!”. Pra gerar link emocional. Pra gerar o antagonismo.

O mínimo que se pode dizer de Loki é que ele tem motivações ora indefinidas, ora simplesmente bobas. Ah, é pq eu vivi na sombra do meu irmão, ah, é pq eu sou adotado, ah, é pq Liberdade é uma ilusão da raça humana... ah, lek, pára!

Voltando ao Coringa já citado, ele bombeia sangue para todo O Cavaleiro das Trevas e não deixa a peteca cair enquanto não está na tela. O humor, o caos e o *senso de perigo* (sempre vou bater nessa tecla) do Coringa fizeram de um filme tão medíocre quanto Os Vingadores o filme bem legalzão que ele é.

Mas não me iludo. O Ponto da Virada (segundo os termos do Michael Gladwell no livro de mesmo nome) de O Cavaleiro das Trevas, o que o tornou um fenômeno de mídia e público não restrito ao consumidor de blockbuster, foi um elemento extra-flme: a morte por overdose de Heath Ledger semanas antes da estréia do filme. Sem isso o filme não seria o fenômeno que foi, apenas o filme bem bom que é.

Por isso o novo filme do Batman vai decepcionar também. Bane é um vilão de motivações bem menininha, não importa o tamanho do caos que vá gerar em Gotham.

Tou pondo fé no Prometheus.
Por favor Ridley Scott, cumpra o que prometeu!

Pq Joss Whedon só pôde entregar o que Joss Whedon sempre entregou: obras de grande potencial que não cumprem seu potencial.

 

 

(as senhoras desse fórum Joio por favor me perdoem)

Fabio Negro
Foto de Fabio Negro

Ray J wrote:

Beleza, legal. Agora fala o que andou fumando.

Cigarrilhas Café Crême importadas da Argentina.
(verdade!)

 

escrevi tudo isso pensando em vocês!
(fiz tudo isso pensando no Google!)

 

agraciotti
Foto de agraciotti

<3

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Bennett
Foto de Bennett

<3 S2

Leão da Barra
Foto de Leão da Barra

Eu gosto muito dos textos de Fabio Negro, tanto que enchi muito o saco dele no Twitter para vir aqui resenhar Os Vingadores. E esse texto, ainda que eu não concorde com alguns pontos, ficou muito bom, bem catártico.

Em particular, gosto do trabalho de Joss Whedon. Buffy realmente é chato pra cacete, mas Firefly é muito bom (desculpe, FN, mas ele sabe gerenciar grupos, dando espaço para todo mundo), a fase dele nos X-Men é interessante e Angel é legal (sei que estou sozinho nessa, mas eu realmente gostava. Acho que foi uma série injustiçada).

Dark Knight eu nem vou comentar, porque você vai vir de lá falando que Batman de Tim Burton é melhor, isso vai me estressar e comprometer nossa amizade. Sem contar o exercício de futurologia, já falar mal do Dark Knight Rises antes dele sair é foda.

Aliás, um parêntese: Bane não é personagem fraco. Ele só foi lançado numa época negra para os quadrinhos (anos 90) e (muito) mal trabalhado. Mas, quando paramos para pensar, vemos que ele tem potencial, especialmente porque ele tem uma característica clássica dos quadrinhos que poucos autores parecem perceber: Bane está para o Batman assim como Sinestro está para Lanterna Verde, Prof. Zoom está para o Flash e assim por diante. Eles são opostos (o Batman rodou o mundo para se tornar um lutador perfeito, enquanto Bane treinou confinado em uma prisão. Bruce Wayne perdeu os pais para o crime, Bane foi preso pela justiça para pagar pelos crimes do pai e assim por diante).

No mais, seu texto até trouxe algumas observações que eu não tinha pensado a respeito do filme dos Vingadores, mas não chega a comprometer minha opinião inicial de que é um bom filme de ação. Acho que nesse ponto ele entrega, sim, o que promete.

--------

Falta de Esculhambação

 

rodriguez
Foto de rodriguez

a marvel virou o big bang theory dos estúdios de cinema, é isso?

Pringles
Foto de Pringles

Entrada triunfal, epicidade tópica, referências exóticas e polêmica concisa. Bem vindo de volta.

Ray J
Foto de Ray J

Pringles wrote:

Entrada triunfal, epicidade tópica, referências exóticas e polêmica concisa. Bem vindo de volta.

Fabio Negro é nosso Arnaldo Jabor, só que inteligente.

Saudações
Ray Jackson

Pringles
Foto de Pringles

Ray J wrote:

Pringles wrote:

Entrada triunfal, epicidade tópica, referências exóticas e polêmica concisa. Bem vindo de volta.

Fabio Negro é nosso Arnaldo Jabor, só que inteligente.

Santo Ray J, como eu sou burro e idiota. Só agora percebi uma das artemanhas mais antigas da Trollnet. Mereço tudo de ruim por não ter sacado isso por todo esse tempo.

Ray J
Foto de Ray J

Pringles wrote:

Ray J wrote:

Pringles wrote:

Entrada triunfal, epicidade tópica, referências exóticas e polêmica concisa. Bem vindo de volta.

Fabio Negro é nosso Arnaldo Jabor, só que inteligente.

Santo Ray J, como eu sou burro e idiota. Só agora percebi uma das artemanhas mais antigas da Trollnet. Mereço tudo de ruim por não ter sacado isso por todo esse tempo.

Beleza, agora a pergunta é pra você: Andou fumando o quê? :)

Saudações
Ray Jackson

quase nada
Foto de quase nada

Me falaram que o Dré ficou possesso com esse tópico, puto de verdade, pois já existe um tópico oficial sobre Os vingadores. Não estou fazendo fofoquinha nem querendo criar intriga, estou apenas contando o que ouvi de uma pessoa, que ouviu de outra pessoa, que ouviu do Ray, que ouviu do Dré.

P.S A Lívia tb ficou com raiva (eu sinto quando a Lívia ta irada com alguma coisa e não quer falar).

 

 

quase nada
Foto de quase nada

Como ato de apoio ao Dré, boicotarei o tema fora do tópico oficial.
 

Livia
Foto de Livia

quase nada wrote:

P.S A Lívia tb ficou com raiva (eu sinto quando a Lívia ta irada com alguma coisa e não quer falar).

 

normalmente eu fico irada do dia primeiro até o dia 8, todo mês

:)

depois é 5 dias de depressão e 17 dias de alívio e bom humor

:P

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Terenzi
Foto de Terenzi

Acho que este foi um dos melhores posts que já li no Joio. Por isso que eu adoro o Joio e por isso que eu odeio o Joio.