Project Kara

22 posts / 0 new
Último post
Ray J
Foto de Ray J
Project Kara

O time responsável por Heavy Rain lançou um vídeo demonstrando sua nova tecnologia de captura de movimentos faciais. O resultado é simplesmente impressionante.

E Quase Nada, pode se emocionar. A animação é feita em tempo real no PS3.

Saudações
Ray Jackson

quase nada
Foto de quase nada

Gente, to desmaiando aqui. Cade meu atenolol??

O que foi isso? Melhor que clip da Bjork, hj não vou nem almoçar,  espero que os caixistas vejam que a soberania gráfica não é a desgraça do unreal 3.0 do Mass Effect.

O conteúdo do demo tb é oportuno, considerando que estamos no dia da mulher, nada melhor que uma fábrica de periguetes. kkkkk. "Me vê duas loiras aê, pode ser braço mesmo, só quero perna, cabeça e cu, mas bota o cu na frente... Opa, me vê uma morena tb, mas nessa bota o braço pq to precisando que aspirem a casa". 

 

Stryder
Foto de Stryder

LoL, olha o Quase Nada conhecedor da Bjork aí.

quase nada
Foto de quase nada

Só pq sou puto não posso ser amante das artes?

Olha aqui como é parecido:

agraciotti
Foto de agraciotti

porra. chorei.

muito bom. Uma mistura de Homem Bicentenário, Portal e o filme Moon. :-P

 

 

 

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Dré
Foto de Dré

Puta que pariu. Isso aí é melhor que todos os indicados ao Oscar desse ano.

Guybrush Threepwood
Foto de Guybrush Threepwood

Não vi, não vou ver, e quero se exploda junto com aquele lixo de empresa conhecida como Quantic Dream e aquele babaca idiota do David Cage e seus dois jogos (os dois piores jogos de todos os tempos), Indigo Prophecy e Heavy Rain. Tenho um ódio imensurável por esse cara e as coisas que ele faz, acho que supera meu ódio pelo Oliver Stone.

agraciotti
Foto de agraciotti

Guybrush Threepwood wrote:

Não vi, não vou ver, e quero se exploda junto com aquele lixo de empresa conhecida como Quantic Dream e aquele babaca idiota do David Cage e seus dois jogos (os dois piores jogos de todos os tempos), Indigo Prophecy e Heavy Rain. Tenho um ódio imensurável por esse cara e as coisas que ele faz, acho que supera meu ódio pelo Oliver Stone.

Que discurso de "caixista" hein (como classificou brilhantemente o Quase Nada).

Heavy Rain foi o ÚNICO jogo que respeito que se utiliza de controle de movimento. Além de ter a melhor história de serial killer dos últimos...(subtrai aí 2010 menos o ano em que Seven foi lançado)

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Leão da Barra
Foto de Leão da Barra

Guybrush Threepwood wrote:

Não vi, não vou ver, e quero se exploda junto com aquele lixo de empresa conhecida como Quantic Dream e aquele babaca idiota do David Cage e seus dois jogos (os dois piores jogos de todos os tempos), Indigo Prophecy e Heavy Rain. Tenho um ódio imensurável por esse cara e as coisas que ele faz, acho que supera meu ódio pelo Oliver Stone.

Dá para elaborar? Eu comecei a jogar Heavy Rain e tive que parar por falta de tempo, mas achei BEM legal e pretendo retomar.

(o Indigo Prophecy eu também comecei e parei, mas aí foi porque jogar ele no PC é ruim demais. Mas o jogo em si me pareceu bom)

--------

Falta de Esculhambação

 

Pringles
Foto de Pringles

Ja apareceu o primeiro caixotista chorando, quem será o próximo?

Guybrush Threepwood
Foto de Guybrush Threepwood

Lá vem vocês, tudo pra vocês é fanboyismo. Tinha certeza que vocês iam interpretar errado. Olha, eu adoro meu Playstation 3, pra mim Metal Gear Solid 4, God of War 3 e Uncharted 2 foram pra alguns dos melhores jogos dessa geração, e do pouco que joguei do U3 - apesar de não achar ele do nível do U2 - é o jogo com melhores gráficos da história dos consoles até hoje. Eu acho o PS3 sem dúvida nenhuma um dos melhores consoles da história. Ele tem com toda certeza os melhores exclusivos dessa geração, e é o console mais poderoso. Prefiro, sim, o meu Xbox 360 para jogar os multi, mas por questões de me adaptar melhor ao controle dele (especialmente em FPSs) e pela Xbox Live ser muito superior a PSN (isso é indiscutível) - e online pra mim é uma experiência vital hoje em dia. Eu defendo inclusive que jogos exclusivos migrem para outras plataformas (achei excelente quando Mass Effect 2 foi para o PS3, assim mais pessoas tiveram oportunidade de jogar essa fantástica saga). Eu acho COMPLETAMENTE MONGOL esse fanboysimo, seja de "caixista", "sonyista", "nintendista", "seguista" ou que valha. Eu sou antes mais nada um gamer, e cago e ando pra qual console esse ou aquele game está saindo. Afinal, eu tenho as 4 principais plataformas da geração aqui em casa - PC, Xbox 360, PS3  e Wii - só não sou muito de portáteis. Sou um grande fã da Sony, torço pra que o PS4 volte a reinar na próxima geração, como o PS2 reinou na geração passada (inclusive foi meu único console da geração anterior) - desde que a Sony consiga fazer um online no nível da Live, que pra mim é realmente a única coisa que impediu que o PS3 fosse meu principal console.

Tendo estabelecido o acima, meu ódio é única e exclusivamente direcionado a QUANTIC DREAM, esse empresa de MERDA, e seu CEO babaca escroto, o David Cage. Meu ódio mortal por eles começou ainda no PS2, com o "Indigo Prophecy", também conhecido como "o pior jogo da história dos games, pior até que o ET do Atari e o Big Rigs de PC".

Explico: quando eu peguei o Indigo, a premissa me pareceu muito interessante - a história tinha um quê de mistério, e o jogo prometia ser mais próximo de um adventure clássico, que muito joguei no PC, e com os quais sempre fui fascinado. Os problemas nesse sentido ficaram claros logo no começo, quando o jogo vira pra você, olha na sua cara e grita: SEU BURRO! Não basta os puzzles serem IDIOTICAMENTE FÁCEIS, o jogo ainda fica te dando todas as dicas pra você resolve-los.  Ele acha que você é incapaz de raciocinar e resolver algo tão idiota quanto colocar uma chave na fechadura. Bom, mas pelo menos até aí, ainda TINHA puzzles. Por que lá pela metade de jogo, só temos QTEs. Os puzzles some, e você fica jogando um Guitar Hero de pobre, tendo que movimentar o analógico de acordo com os comandos que aparecem no meio da tela. O mais legal é a ação vai rolando em cutscenes em quanto isso, mas você tá tão concentrado nos comandos que ficam aparecendo que VOCÊ NÃO CONSEGUE PRESTAR ATENÇÃO EM NADA DO QUE TÁ ACONTECENDO. Ou seja, é um jogo que você não faz nada, vai só seguindo as ORDENS do jogo, repetindo tudo que ele manda fazer, até o final. É como um Dear Esther, mas muuuuuuuuuuuuuuuito pior.

Mas tem uma história boa, dá pra salvar, certo? Errado. É a PIOR HISTÓRIA DE FICÇÃO EVEEEEEER. Vou ser sincero, até que começa com uma premissa interessante, e inclusive os primeiros 20% até são promissores. O cara tá lá, comete um assassinato, sem saber por que, foge da polícia, que tá toda no encalço do cara, com uma detetive seguindo ele e tudo mais. Daí, ele descobre que quem fez ele cometer o assassinato foi um Azteca Macumbeiro. Daí cai de um lugar, morre e volta como um ZUMBI. Ou seja, um ZUMBI assassino, um CRIMINOSO FORAGIDO da polícia. Aí ele esbarra com a detetive que vinha seguindo ele, ele come ela (no sentido sexual, apesar dele ser um ZUMBI), ela se apaixona por ele, ele mata o Azteca Macumbeiro e eles vivem felizes para sempre. DO NADA. Ninguém pede satisfação sobre o assassinato que ele cometeu, parece que a polícia para de perseguir ele do nada, e a cena final é ele (como ZUMBI ainda) e a detetive deitados num matinho vendo o sol nascer. E isso tudo o jogo se LEVANDO A SÉRIO ATÉ AS ÚLTIMAS CONSEQUENCIAS.

Não bastasse essa merda horrível que acabei de jogar, resolvi entrar no modo tutorial do jogo. Eis que me surge o um DAVID CAGE, o bostão desenvolvedor do jogo, em POLIGONAL na engine do jogo, todo metido, me falando que esse era o jogo mais foda da história, que era revolucionário, que eu ia adorar, que ele tinha inventado um novo gênero de jogos e que ele era o melhor desenvolvedor que já existiu etc.

Desse momento em diante, eu desenvolvi um ódio INSUPORTÁVEL pelo cara e pela empresa dele. INSUPORTÁVEL.

Quando o Heavy Rain estava prestes a sair, ele veio com o meeeeeesmo papinho, que ele tinha inventado um gênero de jogo novo. Ah, vá se foder. É um ADVENTURE, CARALHO! JOGUEI CENTENAS DELES! A diferença é que é um adventure para mongos, por os puzzles são retardamente fáceis.

Não estou mentindo. Aqui:

“We created the genre. We own the genre, and we want to show that Heavy Rain was not a coincidence or a lucky shot – that it was really something that makes sense and that we can build on,” he said.

Nisso, meu ódio pelo cara que já era INSUPORTÁVEL, piorou. O sujeito tem a cara-de-pau de fazer um adenture SAFADO e dizer que foi ele que inventou o gênero, e que ele é o dono, o D-O-N-O do gênero?

Eu pra ser sincero não JOGUEI o Heavy Rain, mas assisti ele quase todo no YouTube, o que é a mesma coisa, já que da mesma forma que o Indigo ele te dá uma falsa sensação de liberdade, mas você é o obrigado a seguir o caminho que o "gênio" David Cage quer. É praticamente um filme que se finge de interativo. Um filme RUIM, por sinal. Quando chegou no "plot twist", eu não aguentei.

Spoiler: Highlight to view
Um dos personagens com o qual VOCÊ JOGA é o assassino. Isso por que você joga com ele para TENTAR pegar o assassino, e ainda ESCUTA os pensamentos dele. Ah, puta que pariu, que reviravoltinha SAFADA.

Podia falar muito mais, mas já gastei texto demais com o LIXO do David Cage e fiquei de saco cheio. Fiquem com os únicos reviews sensato de Indigo Prophecy e de Heavy Rain. Aproveitem e vejam esse artigo sobre o Cage também.

Dré
Foto de Dré

Putz, que stress... seu filho continua deixando você sem dormir, é?

Bão, eu também achei Heavy Rain e Indigo Prophecy extremamente chatos, mas isso não tira o brilho do vídeo aí em cima.

Leão da Barra
Foto de Leão da Barra

Achei válidas as críticas de Guybrush e do review que ele menciona ao Heavy Rain, especialmente no que se refere aos tais QTEs (que realmente são chatos de doer, que ideia de jerico essa). Porém, eu tenho uma tendência a olhar com bons olhos qualquer coisa que se proponha a resgatar o gênero adventure.

Acho que a nostalgia me impede de desgostar desse jogo tanto quanto vocês.

--------

Falta de Esculhambação

 

Guybrush Threepwood
Foto de Guybrush Threepwood

Dré wrote:

Putz, que stress... seu filho continua deixando você sem dormir, é?

Quando se trata de David Cage, Eli Roth ou Lars Ulrich eu fico estressado mesmo. Odeio esses três pelas figuras escrotas e presunçosas que são, cada qual em sua área. Eu falei do Oliver Stone lá em cima, mas pelo menos ele (aparentemente) não é babaca, só um cineasta ruim. Já o Eli Roth é outra história.

Mas o guri começou a dormir um pouco melhor de uma semana pra cá, mais ou menos.

quase nada
Foto de quase nada

Esse manifesto que o caixista Guybrush escreveu para Jesus só prova que ele merece ser punido de forma exemplar. Ele tem um discurso retrógrado e acha que os adventures devem ser do formatinho que ele gosta.

Meu voto é para que ele e o Terenzi sejam banidos por uma semana, sem direito a nenhum tipo de recurso para que esse chilique nunca mais se repita. Se ele tivesse esse ataque nervoso na minha frente, primeiro eu arregaçaria-o na porrada e depois faria ele jogar o Heavy Rain novamente sentado num toco.

agraciotti
Foto de agraciotti

melhor tópico do ano

abraços

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Pringles
Foto de Pringles

O que atrapalhou Heavy Rain foram os spoilers, aprendi que não se frenquenta forums durante o processo de lançamento de jogos. 

Livia
Foto de Livia

e aí, parece com  alguém?

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

quase nada
Foto de quase nada

Pringles wrote:

O que atrapalhou Heavy Rain foram os spoilers, aprendi que não se frenquenta forums durante o processo de lançamento de jogos. 

O hype tb atrapalhou, alguns novatos acharam que seria o jogo que iria mudar o curso da humanidade.

Livia
Foto de Livia

não sei pq a menina desse clipe não me é estranha

 

http://www.youtube.com/watch?v=H86730HjLVA&ob=av3e

 

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Ray J
Foto de Ray J

Making of do vídeo. A atriz é ótima.

Saudações
Ray Jackson

Ray J
Foto de Ray J

E Livia, a menina se chama Valorie Curry, e tem trabalhos na tv e cinema. No making of você vai ver que ela manda bem.

Saudações
Ray Jackson