127 Hours

49 posts / 0 new
Último post
quase nada
Foto de quase nada
127 Hours

1

 

Novo do Danny Boyle, dizem que é tão bom que dói.

 

 

Ray J
Foto de Ray J

Quote:
dizem que é tão bom que dói.

Esse foi o spoiler mais sutil que eu já vi na vida.

Saudações
Ray Jackson

Livia
Foto de Livia

e deve doer muito, de tão bom

:P

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

agraciotti
Foto de agraciotti

Quase Nada wrote:

dizem que é tão bom que dói.

Desde q ele não repita o vexame q é o Quem Quer Ser Milionário.

 

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Ray J
Foto de Ray J

Livia wrote:

e deve doer muito, de tão bom

:P

Dor e prazer andam juntos. (Ui).

Saudações
Ray Jackson

quase nada
Foto de quase nada

agraciotti wrote:

Quase Nada wrote:

dizem que é tão bom que dói.

Desde q ele não repita o vexame q é o Quem Quer Ser Milionário.

 

Eu gostei dele ter ganho pq foi pelo conjunto da obra, ele não ganhou pelo Slumdog, mas pelo 28 Days, Trainspoting, Sunshine e etc. A mesma coisa do scorsese, quem ganhou não foi o Departed, mas o Goodfellas.

Aprenda de forma definitivamente bela: Deus tira com uma mão, mas dá com a outra.

Ray J
Foto de Ray J

quase nada wrote:

Deus tira com uma mão, mas dá com a outra.

Ou Deus tira uma mão... (Não resisti)

Saudações
Ray Jackson

quase nada
Foto de quase nada

Vc é um fanfarrão.

Tenho que sair agora.

Beijo pra quem é de beijo e há braços pra quem é de abraços.

fui.

Ray J
Foto de Ray J

quase nada wrote:

Vc é um fanfarrão.

Tenho que sair agora.

Beijo pra quem é de beijo e há braços pra quem é de abraços.

fui.

Há braços, mas não há mãos... (De novo!)

Saudações
Ray Jackson

Livia
Foto de Livia

A Ana Maria Bahiana ja assistiu e gostou

AQUI

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Ray J
Foto de Ray J

Parece que o diretor não "errou a mão" com esse filme.

Saudações
Ray Jackson

lucci
Foto de lucci

dizem que o james franco recebeu uma maozinha do aron ralston para compor o personagem!

Plague Rages
Foto de Plague Rages

A história é "Sou baladeiro dos esportes radicais, loko, escorregeui, me fodi e virei filme". Legal, um exemplo de perseverança diante da adversidade.

www.myspace.com/exterminador

 

Livia
Foto de Livia

Plague Rages wrote:

A história é "Sou baladeiro dos esportes radicais, loko, escorregeui, me fodi e virei filme". Legal, um exemplo de perseverança diante da adversidade.

Esqueceu de dizer q ele teve que dar uma mão pra poder virar celebridade

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

agraciotti
Foto de agraciotti

Livia wrote:

Plague Rages wrote:

A história é "Sou baladeiro dos esportes radicais, loko, escorregeui, me fodi e virei filme". Legal, um exemplo de perseverança diante da adversidade.

Esqueceu de dizer q ele teve que dar uma mão pra poder virar celebridade

Spoiler alert!

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Ray J
Foto de Ray J

agraciotti wrote:

Livia wrote:

Plague Rages wrote:

A história é "Sou baladeiro dos esportes radicais, loko, escorregeui, me fodi e virei filme". Legal, um exemplo de perseverança diante da adversidade.

Esqueceu de dizer q ele teve que dar uma mão pra poder virar celebridade

Spoiler alert!

Sério? Corto minha mão fora que não tem spoiler nesse tópico.

Saudações
Ray Jackson

quase nada
Foto de quase nada

Chega de spoiler, vamos selar a paz aqui no tópico:

1

 

 

Livia
Foto de Livia

sabe aquele ditado:

"você dá a mão e ele quer o braço?"

não sei pq lembrei dele agora

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Ray J
Foto de Ray J

Livia wrote:

sabe aquele ditado:

"você dá a mão e ele quer o braço?"

não sei pq lembrei dele agora

Sabe o problema do elenco desse filme? Ninguém segue a lei "Uma mão lava a outra."

Saudações
Ray Jackson

quase nada
Foto de quase nada

Tem uma notícia meio antiga, do mês passado, eu diria até que é de segunda mão, mas como ninguém comentou, lá vai:

http://cinemacomrapadura.com.br/noticias/173457/publico-passa-mal-em-exibicao-de-127-hours-de-danny-boyle/

Público passa mal em exibição de “127 Hours”, de Danny Boyle

Espectadores desmaiaram e ficaram chocados com o realismo das cenas.

Diego Benevides

Três pessoas desmaiaram durante exibição do filme “127 Hours”, de Danny Boyle (“Quem Quer Ser um Milionário?”), no Festival de Cinema de Toronto. No filme, protagonizado por James Franco (“Milk – A Voz da Igualdade”), o alpinista Aron Ralston teve que amputar o próprio braço quando ficou preso sob uma pedra em Utah.

Ao que parece, o longa é tão realista que várias pessoas saíram correndo durante a exibição. “Faz muito tempo que não vejo uma audiência reagir dessa maneira, acho que a última vez foi durante a exibição de ‘O Exorcista’”, disse John Foote, um dos jornalistas do site The Wrap.

Em outra sessão, a reação do público foi semelhante e várias pessoas saíram correndo quando viram essas cenas, e muitas nem conseguiam olhar para a tela. “Dava para ver que as pessoas ficaram chocadas, e estavam tendo dificuldades em assistir essas cenas tão intensas”, declarou uma fonte. Apesar das reações, todos aplaudiram o filme ao fim  da exibição, seguida do agradecimento de Ralston, que escreveu o livro “Between A Rock and a Hard Place”, que baseia na história.

“127 Hours” será exibido no Festival de Filme de Londres em outubro antes de ser lançado nos Estados Unidos em novembro.

 

 

Ray J
Foto de Ray J

Dizem que o Aron Ralston não bateu palmas pro filme.

Saudações
Ray Jackson

Livia
Foto de Livia

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

quase nada
Foto de quase nada

Apesar do filme parecer angustiante, eu boto minha mão no fogo pelo Boyle, que é um cineasta ambicioso, que vai na contramão do cinema burocrático, mas que nunca sacrifica a diversão. Adoro o diretor autoral, que abraça o projeto, mas que não abre mão de fazer um filme acessível. A chance dele ser indicado existe, tanto que o filme será lançando em novembro, época que é uma mão na roda pra quem busca alguns oscars (fica preso na memória de quem vota). 127 horas será um filme com poucos efeitos digitais, o tipo de cinema que gosto, com muito suor e pouco estúdio, um filme feito com trabalho braçal. O sacrifício recompensa quem usa as mãos de forma honesta. O corte final ficou com menos de duas horas, relativamente curto, provavelmente foi cortado alguns detalhes da história, mas não deve comprometer, geralmente essas amputações no roteiro deixam o filme mais enxuto. Não abro mão de ver esse filme, se eu fosse clarividente, ou melhor, leitor de mãos, eu diria que será um nota 8,34.

lucci
Foto de lucci

quase nada wrote:
Apesar do filme parecer angustiante, eu boto minha mão no fogo pelo Boyle, que é um cineasta ambicioso, que vai na contramão do cinema burocrático, mas que nunca sacrifica a diversão. Adoro o diretor autoral, que abraça o projeto, mas que não abre mão de fazer um filme acessível. A chance dele ser indicado existe, tanto que o filme será lançando em novembro, época que é uma mão na roda pra quem busca alguns oscars (fica preso na memória de quem vota). 127 horas será um filme com poucos efeitos digitais, o tipo de cinema que gosto, com muito suor e pouco estúdio, um filme feito com trabalho braçal. O sacrifício recompensa quem usa as mãos de forma honesta. O corte final ficou com menos de duas horas, relativamente curto, provavelmente foi cortado alguns detalhes da história, mas não deve comprometer, geralmente essas amputações no roteiro deixam o filme mais enxuto. Não abro mão de ver esse filme, se eu fosse clarividente, ou melhor, leitor de mãos, eu diria que será um nota 8,34.

resumindo: voce acha o boyle um cineasta de mão cheia, e - com uma maozinha do calendário - voce conseguira assisti-lo antes da virada, e podera proclama-lo 'o filme do ano'.

Livia
Foto de Livia

quase nada wrote:

Apesar do filme parecer angustiante, eu boto minha mão no fogo pelo Boyle, que é um cineasta ambicioso, que vai na contramão do cinema burocrático, mas que nunca sacrifica a diversão. Adoro o diretor autoral, que abraça o projeto, mas que não abre mão de fazer um filme acessível. A chance dele ser indicado existe, tanto que o filme será lançando em novembro, época que é uma mão na roda pra quem busca alguns oscars (fica preso na memória de quem vota). 127 horas será um filme com poucos efeitos digitais, o tipo de cinema que gosto, com muito suor e pouco estúdio, um filme feito com trabalho braçal. O sacrifício recompensa quem usa as mãos de forma honesta. O corte final ficou com menos de duas horas, relativamente curto, provavelmente foi cortado alguns detalhes da história, mas não deve comprometer, geralmente essas amputações no roteiro deixam o filme mais enxuto. Não abro mão de ver esse filme, se eu fosse clarividente, ou melhor, leitor de mãos, eu diria que será um nota 8,34.

genial

:)

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

matozo
Foto de matozo

Eu tava chateado por ter ficado sabendo desse detalhe aí.

Mas o último post do quase nada já valeu o spoiler.

Ray J
Foto de Ray J

matozo wrote:

Eu tava chateado por ter ficado sabendo desse detalhe aí.

Mas o último post do quase nada já valeu o spoiler.

Esse "detalhe aí" é o mote do filme. Não tem como fugir do spoiler. Mas o post do QN foi genial.

Saudações
Ray Jackson

Ray J
Foto de Ray J

quase nada wrote:

Não abro mão de ver esse filme, se eu fosse clarividente, ou melhor, leitor de mãos, eu diria que será um nota 8,34.

Só tenho medo da pirataria. Acho que um DVD pirata desse filme vai passar de mão em mão antes mesmo da estréia, e isso pode afetar a arrecadação e obrigar os estúdios a fazerem cortes nos lançamentos futuros.

Mudando de assunto, você sabe se o diretor usou steady ou operou a camera na mão?

Saudações
Ray Jackson

Ray J
Foto de Ray J

Meus Deus, tive que ressucitar esse tópico depois do que fizemos com o filme do trenzinho maluco.

Saudações
Ray Jackson

Gmarty
Foto de Gmarty

Saiu um release 720p. Corto o braço se vocês não acharem...

aureliomm
Foto de aureliomm

assisti ontem esse dvd screener... a qualidade do audio e video estão nota 10...praticamente um dvdrip...

 

porem o filme ..esperava mto mais .... isso q dá ficar com a mão até coçando de tanta vontade de ver um filme, a decepçao foi grande

Leão da Barra
Foto de Leão da Barra

Vocês têm que largar mão de ser bestas e pararem com esses trocadilhos infames.

--------

Falta de Esculhambação

 

Livia
Foto de Livia

Acabei de assistir. Mais uma pequena obra prima do Danny Boyle. Ele é praticamente o aleijadinho da sétima arte.

:)

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

agraciotti
Foto de agraciotti

Acabei de assistir. É bacaninha e bem-feitinho (e a tal cena é angustiante pra kct. Se eu visse isso no cinema eu ia tontear fácil), mas...é só isso né. o tipo de coisa q basta ver um documentário q já tava bom.

Aliás, já comecei a ver no youtube um, com os videos q ele grava e tudo:

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Junior-RO
Foto de Junior-RO

Desculpem meter minha mão nisso, mas qual é o melhor DVDscreener para baixar? Ou já tem dvdrip?

Pelo que entendi, pirataria nesse caso, indicaria a participação do Capitão Gancho.

O filme é melhor antes de assisttir? \o/

Ou depois?  \o,

 

prangel
Foto de prangel

Assisti essa semana. Tenso. Me arrisco dizer que deixei uma parte de mim pra trás depois desse filme.

 

grato.

aureliomm
Foto de aureliomm

deveria cair a mão de quem fica escrevendo essas piadinhas infâmes

Castrezana
Foto de Castrezana

Assisti Bravura Indômita e tive um deja vu.

--
Rodolfo Castrezana
Nerd Rabugento

Ray J
Foto de Ray J

Castrezana wrote:

Assisti Bravura Indômita e tive um deja vu.

Típico comentário de segunda mão.

Saudações
Ray Jackson

Leão da Barra
Foto de Leão da Barra

Ray J wrote:

Castrezana wrote:

Assisti Bravura Indômita e tive um deja vu.

Típico comentário de segunda mão.

Mereceria até uma reprimenda maior, se os moderadores controlassem isso aqui com mão de ferro.

--------

Falta de Esculhambação

 

Ray J
Foto de Ray J

Leão da Barra wrote:

Ray J wrote:

Castrezana wrote:

Assisti Bravura Indômita e tive um deja vu.

Típico comentário de segunda mão.

Mereceria até uma reprimenda maior, se os moderadores controlassem isso aqui com mão de ferro.

Esse é o problema. A gente sempre dá uma mãozinha pros amigos e deixa tudo pra lá.

Saudações
Ray Jackson

quase nada
Foto de quase nada

Nossa, esse tópico ainda ta vivo.

Bennett
Foto de Bennett

Bem, pessoal. Filme bem mais ou menos. Tem umas coisas legais em termos de trabalho de câmera, mas é bobo, tedioso e totalmente sem sal.

Ray J
Foto de Ray J

Bennett wrote:

Bem, pessoal. Filme bem mais ou menos. Tem umas coisas legais em termos de trabalho de câmera, mas é bobo, tedioso e totalmente sem sal.

Você diria que o diretor errou a mão?

Saudações
Ray Jackson

agraciotti
Foto de agraciotti

Bennett wrote:

Bem, pessoal. Filme bem mais ou menos. Tem umas coisas legais em termos de trabalho de câmera, mas é bobo, tedioso e totalmente sem sal.

e aquela sequência final? Sério, eu adoro Sigur Rós, mas aquilo foi uma das coisas mais cafonas q já vi.

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

quase nada
Foto de quase nada

Assisti ontem no cinema, aquela introdução de 20 minutos é muito boa. O filme entrou na lista dos "filmes pra ver chapado". Várias cenas alucinogenas. A história fica meio presa, travada, mas a edição é fantástica, adorei os cortes.

Nota: 7,50

 

Ray J
Foto de Ray J

quase nada wrote:

A história fica meio presa, travada, mas a edição é fantástica, adorei os cortes.

Hahahahahahahaha

Saudações
Ray Jackson

Livia
Foto de Livia

Ray J wrote:

quase nada wrote:

A história fica meio presa, travada, mas a edição é fantástica, adorei os cortes.

Hahahahahahahaha

esse foi inteligentemente sutil

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Guybrush Threepwood
Foto de Guybrush Threepwood

Tinhas boas espectativas em relação a esse filme, mas um amigo meu disse que era bem mais ou menos. Assisti ontem, e realmente não é lá essas coisas.

Tive que dar o braço a torcer.