Toy Story 3

24 posts / 0 new
Último post
Livia
Foto de Livia
Toy Story 3

 

Dificil achar alguém que não seja fã dessa série

As criticas que tenho visto até agora falam que é o melhor dos 3

quem assistir coloca as impressões aqui

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

quase nada
Foto de quase nada

Um saco isso de criar o "tópico oficial" do filme pra não falar porra nenhuma.

Livia
Foto de Livia

quase nada wrote:

Um saco isso de criar o "tópico oficial" do filme pra não falar porra nenhuma.

Só deletar, ué

 

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

lucci
Foto de lucci

o ebert já tinha twittado sobre o filme, rasgou a seda. e na critica, que saiu anteontem, tambem.

http://rogerebert.suntimes.com/apps/pbcs.dll/article?AID=/20100616/REVIEWS/100619990

quase nada
Foto de quase nada

Livia wrote:

quase nada wrote:

Um saco isso de criar o "tópico oficial" do filme pra não falar porra nenhuma.

Só deletar, ué

 

Ta iradinha? Ta revoltosa? Que chilique foi esse?

Livia
Foto de Livia

quase nada wrote:

Livia wrote:

quase nada wrote:

Um saco isso de criar o "tópico oficial" do filme pra não falar porra nenhuma.

Só deletar, ué

 

Ta iradinha? Ta revoltosa? Que chilique foi esse?

vc que anda mais azedo que o marcelin

:P

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Dré
Foto de Dré

Eu estou besta, maravilhado com o novo Toy Story.

Não preciso lembrar que 2010 tá uma lástima em termos de filmes. Os melhores até agora foram obras que fizeram pouco mais do que divertir a gente. O que, atualmente, convenhamos que já vale o preço do ingresso – afinal, qualquer coisa que te faça esquecer dos problemas do dia a dia, dos prazos do seu trabalho, de pagar contas, do tráfego pra chegar a qualquer lugar, das pessoas que você não suporta... enfim, se divertir por duas horas hoje em dia vale ouro.

Mas este terceiro capítulo da saga dos brinquedos vivos da Pixar te traz muito mais. Durante toda a projeção – que, já aviso, passa voando – a gente ri muito, fica ridiculamente tenso, mata a saudade de personagens inesquecíveis, conhece novos personagens, fica bobo com o uso inteligente da tecnologia e, mais profundo do que tudo isso, faz um flashback delicioso da nossa infância. Com as situações apresentadas no filme, não há como não lembrar dos nossos brinquedos, dos nossos amigos e de como era a nossa vida antes de todos aqueles problemas que eu citei no primeiro parágrafo. Desculpa a pieguice, mas Toy Story 3 te leva pra outro lugar.

A história mostra os brinquedos preocupados com seu futuro, agora que o seu dono, Andy, está a alguns dias de entrar na faculdade. Os brinquedos estão relegados a um baú, bolando planos para chamar a atenção de seu dono. Até que a mãe de Andy dá um ultimato ao filho, pedindo pra eles decidir entre guardar os brinquedos no sótão, já que ele vai embora da casa, ou doá-los. Os brinquedos não sabem qual a melhor opção e ficam divididos. Por uma série de acontecimentos, acabam indo parar em uma creche lotada de crianças – algo, no primeiro momento, sensacional pra eles, que só querem alguém pra brincar. Ainda assim, o caubói Woody prefere voltar para as mãos de seu antigo dono do que ficar na creche e se separa do grupo – por pouco tempo, pois as coisas não são como aparentam na creche e o caubói tem que voltar para resgatar seus amigos. E isso não é nem metade da impressionante aventura que os brinquedos vão enfrentar, com uma segunda parte emocionante ( com uma ameaça realmente perigosa, fazendo, em certo momento, que percamos a esperança de um, óbvio, final feliz ) e uma resolução perfeita, simplesmente perfeita.

Não vou nem entrar em detalhes técnicos, vou bater no mesmo bordão que usei pra falar de Wall-E: a Pixar fez de novo. Este é o melhor filme do estúdio, o melhor da série e um dos melhores filmes que já vi – entra no meu Top 10 de todos os tempos. Chamar de clássico é quase redundante.

Assistam já, tanto faz se dublado, legendado, em 3D ou sei lá o quê. Porque vocês vão querer ver de novo. Pois o que vale aqui é uma história deliciosa, um roteiro que transforma o espectador em uma criança durante toda a projeção, dando vontade de interagir com o que rola na tela, querendo ajudar os brinquedos, cuidar ou mesmo brincar com eles – Toy Story 3, o filme, é um brinquedo como eles, que, com a devida imaginação e sentimento, vai nos divertir como nos melhores momentos da nossa vida. E quem aqui não teve na infância, ao lado de seus brinquedos, alguns desses momentos?

Filme do ano, desde já.

Ah, não dá pra deixar de comentar sobre Dia e Noite, o curta de abertura. Mas também não é tão fácil explicá-lo: é simplesmente a mais genial mistura de animação 2D e 3D que eu já vi. Só vendo pra crer como uma idéia tão simples funciona tão bem. A perfeita mistura da tecnologia Pixar com a animação clássica da Disney.

De novo: Toy Story 3 é o melhor filme de 2010.

Livia
Foto de Livia

Dré wrote:

Eu estou besta, maravilhado com o novo Toy Story.

Não preciso lembrar que 2010 tá uma lástima em termos de filmes. Os melhores até agora foram obras que fizeram pouco mais do que divertir a gente. O que, atualmente, convenhamos que já vale o preço do ingresso – afinal, qualquer coisa que te faça esquecer dos problemas do dia a dia, dos prazos do seu trabalho, de pagar contas, do tráfego pra chegar a qualquer lugar, das pessoas que você não suporta... enfim, se divertir por duas horas hoje em dia vale ouro.

Mas este terceiro capítulo da saga dos brinquedos vivos da Pixar te traz muito mais. Durante toda a projeção – que, já aviso, passa voando – a gente ri muito, fica ridiculamente tenso, mata a saudade de personagens inesquecíveis, conhece novos personagens, fica bobo com o uso inteligente da tecnologia e, mais profundo do que tudo isso, faz um flashback delicioso da nossa infância. Com as situações apresentadas no filme, não há como não lembrar dos nossos brinquedos, dos nossos amigos e de como era a nossa vida antes de todos aqueles problemas que eu citei no primeiro parágrafo. Desculpa a pieguice, mas Toy Story 3 te leva pra outro lugar.

A história mostra os brinquedos preocupados com seu futuro, agora que o seu dono, Andy, está a alguns dias de entrar na faculdade. Os brinquedos estão relegados a um baú, bolando planos para chamar a atenção de seu dono. Até que a mãe de Andy dá um ultimato ao filho, pedindo pra eles decidir entre guardar os brinquedos no sótão, já que ele vai embora da casa, ou doá-los. Os brinquedos não sabem qual a melhor opção e ficam divididos. Por uma série de acontecimentos, acabam indo parar em uma creche lotada de crianças – algo, no primeiro momento, sensacional pra eles, que só querem alguém pra brincar. Ainda assim, o caubói Woody prefere voltar para as mãos de seu antigo dono do que ficar na creche e se separa do grupo – por pouco tempo, pois as coisas não são como aparentam na creche e o caubói tem que voltar para resgatar seus amigos. E isso não é nem metade da impressionante aventura que os brinquedos vão enfrentar, com uma segunda parte emocionante ( com uma ameaça realmente perigosa, fazendo, em certo momento, que percamos a esperança de um, óbvio, final feliz ) e uma resolução perfeita, simplesmente perfeita.

Não vou nem entrar em detalhes técnicos, vou bater no mesmo bordão que usei pra falar de Wall-E: a Pixar fez de novo. Este é o melhor filme do estúdio, o melhor da série e um dos melhores filmes que já vi – entra no meu Top 10 de todos os tempos. Chamar de clássico é quase redundante.

Assistam já, tanto faz se dublado, legendado, em 3D ou sei lá o quê. Porque vocês vão querer ver de novo. Pois o que vale aqui é uma história deliciosa, um roteiro que transforma o espectador em uma criança durante toda a projeção, dando vontade de interagir com o que rola na tela, querendo ajudar os brinquedos, cuidar ou mesmo brincar com eles – Toy Story 3, o filme, é um brinquedo como eles, que, com a devida imaginação e sentimento, vai nos divertir como nos melhores momentos da nossa vida. E quem aqui não teve na infância, ao lado de seus brinquedos, alguns desses momentos?

Filme do ano, desde já.

Ah, não dá pra deixar de comentar sobre Dia e Noite, o curta de abertura. Mas também não é tão fácil explicá-lo: é simplesmente a mais genial mistura de animação 2D e 3D que eu já vi. Só vendo pra crer como uma idéia tão simples funciona tão bem. A perfeita mistura da tecnologia Pixar com a animação clássica da Disney.

De novo: Toy Story 3 é o melhor filme de 2010.

muita gente chorou na sua sessão?

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Leão da Barra
Foto de Leão da Barra

Não assisti Toy Story 1 ou 2 (tá, eu sei, vacilei). Devo alugá-los primeiro ou posso pular direto para esse?

--------

Falta de Esculhambação

 

Livia
Foto de Livia

Leão da Barra wrote:

Não assisti Toy Story 1 ou 2 (tá, eu sei, vacilei). Devo alugá-los primeiro ou posso pular direto para esse?

aluga

HOJE

não vai se arrepender

 

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Dré
Foto de Dré

Livia wrote:
muita gente chorou na sua sessão?

Na verdade não tem um momento de choro, mas duas passagens muito emocionantes - principalmente o destino final dos brinquedos, que realmente conquistou a platéia e mereceu palmas. Mas o que você mais faz no filme é dar risada... as passagens do Ken com a Barbie são hilárias.

Leão da Barra wrote:
Não assisti Toy Story 1 ou 2 (tá, eu sei, vacilei). Devo alugá-los primeiro ou posso pular direto para esse?

Não precisa assistir os primeiros não, mas é altamente recomendável. Não apenas pra perceber a evolução técnica da animação, mas porque são obras excelentes.

Livia
Foto de Livia

Dré wrote:

Livia wrote:
muita gente chorou na sua sessão?

Na verdade não tem um momento de choro, mas duas passagens muito emocionantes - principalmente o destino final dos brinquedos, que realmente conquistou a platéia e mereceu palmas. Mas o que você mais faz no filme é dar risada... as passagens do Ken com a Barbie são hilárias.

Leão da Barra wrote:
Não assisti Toy Story 1 ou 2 (tá, eu sei, vacilei). Devo alugá-los primeiro ou posso pular direto para esse?

Não precisa assistir os primeiros não, mas é altamente recomendável. Não apenas pra perceber a evolução técnica da animação, mas porque são obras excelentes.

são filmes obrigatórios pra quem gosta de cinema

eu assisti o primeiro lá em 95, ou começo de 96, não me lembro, no cinema de bauru. Foi mágico, tanto que comprei o VHS e guardo até hoje, mesmo sem nem ter videocassete mais.

O segundo assisti em 2000 em araçatuba, e foi como voltar pra casa, como ver um amigo que não via faz tempo, e tem a piada mais sensacional de todos os tempos (o dialogo entre o buzz e o zordh)

 

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Terenzi
Foto de Terenzi

Assino embaixo tudo que o Dré falou. O filme é fantástico. A crítica do Dré foi na medida então não tenho muito mais a dizer mesmo. O Ken é um personagem hilariante. An, só pra constar, eu vi 3D mas acho que o 3D não faz lá muita diferença. Acho que ficaria no 2D mesmo.

prangel
Foto de prangel

O quase nada só ta puto porque ELE queria ter aberto o tópico oficial...só isso.

grato.

leite
Foto de leite

realmente o 3D não fez diferença nenhuma (fui assistir num playarte e achei os óculos muito toscos). Aliás, acho que vou assistir novamente, mas dessa vez legendado e em 2D mesmo. A crítica do Dré, eu assino embaixo. Sobre o curta, ainda comentei com meus amigos que se o filme fosse ruim, o ingresso já tava pago só por ele.

agraciotti
Foto de agraciotti

leite wrote:

realmente o 3D não fez diferença nenhuma (fui assistir num playarte e achei os óculos muito toscos). Aliás, acho que vou assistir novamente, mas dessa vez legendado e em 2D mesmo. A crítica do Dré, eu assino embaixo. Sobre o curta, ainda comentei com meus amigos que se o filme fosse ruim, o ingresso já tava pago só por ele.

Dizem q o curta vale o 3D. O chato do Pablo Villaça disse q esse curta é o primeiro filme que é imprescindível o uso do 3D. Fiquei curioso só por isso, já q acho o 3D a picaretagem do século.

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

leite
Foto de leite

agraciotti wrote:

leite wrote:

realmente o 3D não fez diferença nenhuma (fui assistir num playarte e achei os óculos muito toscos). Aliás, acho que vou assistir novamente, mas dessa vez legendado e em 2D mesmo. A crítica do Dré, eu assino embaixo. Sobre o curta, ainda comentei com meus amigos que se o filme fosse ruim, o ingresso já tava pago só por ele.

Dizem q o curta vale o 3D. O chato do Pablo Villaça disse q esse curta é o primeiro filme que é imprescindível o uso do 3D. Fiquei curioso só por isso, já q acho o 3D a picaretagem do século.

sinceramente não vi muita graça NESSE 3D não...

quase nada
Foto de quase nada

Agora sim, pixar sem muita mensagem política, esquerdismo de gaveta, comunismo robótico, panfletagem afobante e hipocrisia agoniosa.

Filme apenas "belo", com cenas de ação insanas (destaque pro final alucinante) e emoção real, sem ser aquela coisa socialista do Wall-e. Melhor filme do ano (que está muito fraco, to até sem entusiasmo pra falar dos outros).

Uma coisa que nossa geração está vivendo é o auge da animação por computador. Até imagino a gente daqui a 40 anos falando: "nossa, as animaçãum hj em dia são tudo sem coração, os buneco é tudo babro, antigamenti qui era baum, os bichin era tudo sentimental, hj em dia é tudo ZZZZZZZZzzzzzZZZZZZZZZZ é tudo podri”.

O 3D veio pra ficar, o curta que vem antes mistura 2D e 3D de forma bonitinha, personagens desenhados com elementos 3D, traços simples, mas tudo muito novo e moderno, lembra um pouco o jogo Portal (apesar de não ter nada a ver).

Nota 10

agraciotti
Foto de agraciotti

Muito bom. Achei q o filme desanda um pouco na sequência da fuga da creche (meio demorada demais) e senti q por muito pouco ele não sofre pelo mesmo problema de UP: um vilão fraco e com poucos bons momentos. E ainda acho Ratatouille, Wall-E e Monstros S.A. superiores em tudo.

Mas achei bem corajoso por ter sequências extremamente dramáticas e emocionantes (q pode ser até bem pesadas pra muita criança). A cena final é arrebatadora. De pegar um balde e encher de lágrimas.

E o curta é simplesmente sensacional (bem lembrado pelo Quase Nada o jogo Portal. heheh)

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Livia
Foto de Livia

Assisti ontem, e sinceramente, não me recuperei até agora.

Vou encher meu post de spoilers, se você não assistiu, pode ir parando por aqui.

Vamos começar pelo começo, já dizia p sábio. O curta é sensacional. Uma idéia simples demais, que qualquer pessoa deve ter achado idiota quando escutou falar, mas que funciona tão bem, mas tão bem, que valeria pelo ingresso já. Fica dificil imaginar ela funcionando sem o 3D. Quem assistiu em 2d conta pra gente como foi.

Agora o prato principal.

A primeira cena já me emocionou, pois como eu disse aqui, tem praticamente 15 anos que eu assisti toy story pela primeira vez, e foi como reencontrar velhos amigos. O filme todo eu fiquei com um aperto no peito, com medo que ele acabasse e eu nunca mais reencontrasse woody, buzz e o resto da turma.

O filme tem sequencias de ação espetaculares, tem comédia na medida certa (o ken foi a mais bela aquisição que deram pra turma), e tem drama, mas não é um drama bobo, é algo que te pega pelo estômago e fica dificil segurar as lagrimas. A partir do momento que eles chegam no lixão, foi começar a chorar pra não parar mais. A cena em que eles aceitam que vão morrer e simplesmente dão as mãos para morrer com os amigos é uma das coisas mais tristes que ja fizeram na história do cinema, algo que eu nunca imaginei que veria numa animação. O final então, perdi metade dele pq não conseguia parar de chorar, nunca iamginei que a pixar conseguiria dar um final tão digno pra turma toda.

Filme do ano. Entra no meu top3 de todos os tempos. E se não ganhar o oscar de melhor filme ano que vem, vai ser muita sacanagem

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Livia
Foto de Livia

Esqueci de falar, bela homenagem que a pixar fez ao hayao miyazaki e aos estudios ghibli, colocando o totoro no filme.

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

agraciotti
Foto de agraciotti

Escrevi sobre o filme ontem:

http://www.outernative.blog.br/wordpress/?p=1832

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Livia
Foto de Livia

Assisti de novo, num R5 que saiu, e vale a pena assistir varias e varias vezes, isso eu garanto

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Cesert
Foto de Cesert

Só pra deixar registrado. Assisti ontem o filme (um release de 720p com som excelente) e achei fantastico, um filme digno de uma Pixar que ate hoje o pior filme deles (Carros) bate qualquer outra animação de qualquer outro estudio, mas não é dessa vez que a Pixar leva o Oscar (não o de melhor animação, esse já ta garantido), o UP e o Wall-e que eu achei superior a esse não levou, então acho que o TS3 não leva tbm.