Bird Box

9 posts / 0 new
Último post
Terenzi
Foto de Terenzi
Bird Box

E então amigos? Como passaram o ano novo? dispostos a fazer o Joio bombar em 2019? Espero que sim. Só pra iniciar o ano começo com esta pequena bomba... O que acharam? 

Particularmente eu não achei o pior filme do mundo, mas sem dúvidas pelo que foi investido ali dava pra fazer um filme MUITO melhor! Existem diversos filmes com a mesma temática com uma fração do orçamento que são infinitamente melhores. O filme não decola, a gente não se conecta com as personagens e nem mesmo as crianças conseguem criar o ambiente de tensão que normalmente dão aos filmes.

Achei uma colcha de retalhos de filmes do gênero sem nenhuma personalidade e com atuações horríveis (com exceção óbvia à John Malkovich que é sempre bom)

agraciotti
Foto de agraciotti

bem fraco mesmo. Parce mais uma sequência fan-made do The Happening, mas sem a direção sagaz do Shayamalan.

Sem contar q tem umas ideias muito soltas q nao dizem nada e nao levam a lugar nenhum. Pra que a sugestão de q - algumas -pessoas tem visões com entes familiares ou q ouvem sussurros?  Foi só pra homenagear Lost? E a galera q passa a "servir" à sombra/monstro ao inves de se matar? que merda é aquela.

E eu to cansado desse velho arco de redenção da paternidade/maternidade, do cinema sempre tentar nos convencer de que ter DOIS filhos quando não se quer nenhum é uma bênção e nao uma maldição.

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Terenzi
Foto de Terenzi

agraciotti wrote:

Sem contar q tem umas ideias muito soltas q nao dizem nada e nao levam a lugar nenhum. Pra que a sugestão de q - algumas -pessoas tem visões com entes familiares ou q ouvem sussurros?  Foi só pra homenagear Lost? E a galera q passa a "servir" à sombra/monstro ao inves de se matar? que merda é aquela.

Isso foi talvez uma das piores coisas. Tem muita coisa que acontece e não altera em nada a narrativa. O esquema dos familiares eu até entendi que era pra tentar reforçar a ideia de que o "monstro" de cada um era diferente. Inclusive acho que a ideia original do livro tem mais relação com esta vibe psicológica. Pelo que vi, no final original

Spoiler: Highlight to view
eles chegam naquele lugar mas as pessoas para sobreviverem optaram por rancar os próprios olhos. O que é uma metáfora bastante interessante sobre evolução e a necessidade de abrir mão de coisas que eram essenciais para você para poder seguir em frente.

Eu acho que a diretora mudou o foco para fazer uma metafora sobre a maternidade e em como isso pode parecer uma jornada impossível em que na maioria das vezes decisões totalmente racionais e coerentes tem resultados péssimos e que somente amor também não é suficente para tomar decisões corretas. De tudo, a única coisa que acho que a diretora realmente acertou foi em não mostrar o monstro. Mas até isso parece ter sido por muito pouco.

agraciotti
Foto de agraciotti

Terenzi wrote:

agraciotti wrote:

Sem contar q tem umas ideias muito soltas q nao dizem nada e nao levam a lugar nenhum. Pra que a sugestão de q - algumas -pessoas tem visões com entes familiares ou q ouvem sussurros?  Foi só pra homenagear Lost? E a galera q passa a "servir" à sombra/monstro ao inves de se matar? que merda é aquela.

Isso foi talvez uma das piores coisas. Tem muita coisa que acontece e não altera em nada a narrativa. O esquema dos familiares eu até entendi que era pra tentar reforçar a ideia de que o "monstro" de cada um era diferente. Inclusive acho que a ideia original do livro tem mais relação com esta vibe psicológica. Pelo que vi, no final original

Spoiler: Highlight to view
eles chegam naquele lugar mas as pessoas para sobreviverem optaram por rancar os próprios olhos. O que é uma metáfora bastante interessante sobre evolução e a necessidade de abrir mão de coisas que eram essenciais para você para poder seguir em frente.

Eu acho que a diretora mudou o foco para fazer uma metafora sobre a maternidade e em como isso pode parecer uma jornada impossível em que na maioria das vezes decisões totalmente racionais e coerentes tem resultados péssimos e que somente amor também não é suficente para tomar decisões corretas. De tudo, a única coisa que acho que a diretora realmente acertou foi em não mostrar o monstro. Mas até isso parece ter sido por muito pouco.

porram... com esse final original o filme ganharia mais 2 estrelas. Bem mais impactante e traria o peso dramático q faltou em todo o resto. Eu acho q tem bem cara de filme q foi cagado na edição. Certamente cortaram cena fora ou montaram de um jeito q deixou um monte de sugestão sem resolução e ideias soltas sem amarração.

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Livia
Foto de Livia

Achei bem bosta

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Livia
Foto de Livia

mas to apaixonada no green book, alguém viu?

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

agraciotti
Foto de agraciotti

Livia wrote:

mas to apaixonada no green book, alguém viu?

Curtiu? Mas a sua paixão pelo Viggo conta na sua impressão do filme? cool

Eu to com preguiça. Tem a maior cara de drama-moralistazão-oscar-bait. 

 

Mas a polêmica da semana é: ao contrário de 90% da população mundial, eu AMEI Glass. surprise

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Pringles
Foto de Pringles

Não gostei, achei muito fatalista e até infantil, uma justificativa muito fraca pras pessoas ae matarem. Mas é filme que lacrador gosta se ficar hypando no twitter, só poderia sair um lixo mesmo. 

Livia
Foto de Livia

agraciotti wrote:

Livia wrote:

mas to apaixonada no green book, alguém viu?

Curtiu? Mas a sua paixão pelo Viggo conta na sua impressão do filme? cool

Eu to com preguiça. Tem a maior cara de drama-moralistazão-oscar-bait. 

 

Mas a polêmica da semana é: ao contrário de 90% da população mundial, eu AMEI Glass. surprise

Obvio que minha paixão peo viggo conta. Mesmo gordo ele continua lindo. E um puta ator.

O filme é sobre preconceito, amizade, um road movie bem padrão, MAS, com dois atores fodásticos carregando o filme nas costas. Esqueça história e afins, e foque na interpretação. Pra mim é oscar pros dois, fácil.

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...