Guardiões da Galáxia

7 posts / 0 new
Último post
Dré
Foto de Dré
Guardiões da Galáxia

A cena mais emblemática de Guardiões da Galáxia quebra a fórmula da Marvel no cinema até agora: quando o herói, Peter Quill, vai entregar a Orbe ( o Tesseract da vez ) para outro personagem, com aquela música de suspense de fundo, e... derruba o troço no chão. Dali em diante, é certeza que nada aqui deve ser levado a sério. E tai o trunfo de um dos filmes mais legais do ano.

Tudo tem gostinho de já vi isso antes, mas é uma aventura tão bem costurada que você entra de cabeça e se diverte com as várias referências em homenagem ( e justiça ) aos grandes momentos da Sessão da Tarde – Alf, Footloose, Star Wars, Indiana Jones, Goonies, O Último Guerreiro das Estrelas, ET, e outras tantas que talvez valha mesmo a pena ver de novo pra captar. Tive até a impressão que a direção perde um pouco o foco de vez em quando pra poder colocar essas referências aqui e ali ( os conhecedores de HQ vão encontrar muito mais, óbvio ) e o filme perde certo ritmo. Ou seja: o aspecto reprise é intencional.

A história gira em torno da tal Orbe mesmo: Peter Quill ( ou Senhor das Estrelas, como ele prefere ser chamado, por favor ), um caçador de artefatos raros, a encontra logo no comecinho do filme. O vilão Ronan, parceiro do deus Thanos, envia seus soldados atrás do item – mas, com a falha destes, Gamorra se oferece para recuperar o negócio. Peter chega a outro planeta para vender a Orbe e lá é caçado por Gamorra e também por Groot e Rocket, ambos atrás de uma recompensa oferecida pela cabeça do tal Senhor das Estrelas. Os quatro são capturados e enviados para uma prisão espacial, onde se encontram com Drax, o Destruidor, e será questão de tempo antes destes cinco se juntarem para uma grande fuga, com direito a perna mecânica roubada, para tentarem vender a tal Orbe – que é infinitamente mais perigosa do que imaginam.

E segue-se aí um belíssimo filme pipoca que, se pede que o espectador não o leve a sério, trata a diversão como fator de primeira linha.

E o cerne de tudo aqui são os personagens sensacionais. Peter é o cara: aventureiro nato, pegador, engraçado, tem bom gosto musical e faz dancinhas. Drax é o fortão que se junta ao grupo com o singelo propósito de matar o deus Thanos, assassino de sua família. Gamorra, a personagem menos desenvolvida, também tem sua agenda contra o mesmo vilão – seu pai adotivo, aliás. Mas o destaque absoluto é a dupla Groot e Rocket: o primeiro é uma árvore ambulante que diz apenas “Eu Sou Groot” e tem muito mais profundidade que isso. Seu parceiro é um diminuto guaxinim inventor, que fala sem parar e geralmente porta uma arma maior que ele mesmo.

E nessa hora você percebe que um dos grandes filmes da Marvel – que tem dezenas de personagens conhecidíssimos do povão nas páginas de suas histórias em quadrinhos, muitos deles já com suas histórias de domínio público – acaba sendo de um bando de figuras que nunca ouvimos falar, mas que conseguem, com um básico de introdução e muita personalidade, conquistar uma simpatia imediata. Duvido que alguém aqui não se apaixone pelo Groot até o final da sessão – que tem direito a última cena antes dos créditos finais ( tem outra cena após os créditos, rapidíssima e inútil pra não iniciados em HQ ).

Vale dividir o mérito aqui com a escalação dos atores e com o figurino: todos muito a vontade e se divertindo tanto quanto o público, seja nas piadas rápidas de Chris Pratt e Zoe Saldana aproveitando-se muito bem de sua presença física – mesmo pintada de verde. E claro, os efeitos que tornam Groot e Rocket ( com excelente dublagem do Bradley Cooper ) críveis e com aquele visual que dá vontade de ter o bonequinho na estante. Efeitos que não se limitam a isso: as sequências de batalha no espaço, principalmente a parte onde um esquadrão de naves se junta para impedir o avanço da nave de Ronan, tornam obrigatória a dica: assista num IMAX.

Sabe tudo que tinha de errado com a segunda trilogia do Star Wars? Trama arrastada, atores aparecendo mais que os personagens chatos, efeitos exagerados, direção capenga e toda aquela megalomania? Guardiões da Galáxia é o total inverso de tudo isso.

Chupa, George Lucas!

uplan
Foto de uplan

Chupa George Lucas ao²

Spoiler: Highlight to view
 Colocaram o Howard no filme.

.

 Apesar do que ele fez nos 80's ter ficado bem melhor que esse frango de briga no ponto de degolar. 

O que vai ter de metido a entendedor dizendo "Disney enfiou o Pado Donald na Marvel! maque felás da pota! aposto que o aveijers vai ter o Mickey, mas num vai ter o Spidey"

Enquanto a Marvel lança um filme com um Mão-Pelada de metranca, um 

Spoiler: Highlight to view
 cachorro telepata e um Pato Antropomorphico 
 a Warner não tem nada alem de um filme com um graveto interpretando a Mulher Maravilha.

 

___________________________________________________________________________

não existe certo ou errado 

so existe o que você faz

agraciotti
Foto de agraciotti

Assisti e é praticamente um Mass Effect 4 com um humor inusitado pra esconder uma história fraquinha e esquizofrênica.

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

quase nada
Foto de quase nada

Depois do excelente Capitão América 2 parece que a Marvel pegou no tranco e aprendeu. Ótimas cenas de ação, psicodélico e dentro de sua despretensão conseguiu ser um dos Top 3 desse ano. Zueragem das boas (nível Spaceballs).

nota 10,6

XIII
Foto de XIII

quase nada wrote:

Depois do excelente Capitão América 2 parece que a Marvel pegou no tranco e aprendeu. Ótimas cenas de ação, psicodélico e dentro de sua despretensão conseguiu ser um dos Top 3 desse ano. Zueragem das boas (nível Spaceballs).

nota 10,6

Na mosca, hein Dr.. vazia um tempo que não dava uma dentro! Eu por não conhecer muito desse branch da Marvel esperava menos, muito bem feito... dita o ritmo desde a primeira cena, bem editado e montado. Me surpreendeu, comecei a projeção irritado pelo retarda do projetista que rodou o filme em Pan & Scan na telona, devo ter perdido uns 20% das extremidades do filme, visto que até o nome dos créditos eram comidos mas o próprio tom e atmosfera leve me fez relevar essa palhaçada.

Nota: 10.

Bennett
Foto de Bennett

Nota 7.

Dré
Foto de Dré

gileadraab wrote:

Entrei aqui so pra perguntar se não vai ter tópico do filme novo das tartarugas ninja. Não vi ainda mas pelas fotos já to embasbacado com a feiura que deixaram os bichinho.

Tá feito. Mas não perde seu tempo com as Tartarugas, vai ver Guardiões da Galáxia ( nem que seja pela segunda vez ) que é bem mais legal.