O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro

17 posts / 0 new
Último post
Dré
Foto de Dré
O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro

Saiu o trailer completo e conseguiram piorar o que já era ruim: filme com TRÊS VILÕES é sinal de bomba.

 

agraciotti
Foto de agraciotti

pois é. Parece q não aprenderam a lição.

E q CGI é esse meobrazeel?? Até meu PS3 de 2007 consegue gráficos mais realistas q isso

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Dré
Foto de Dré

agraciotti wrote:
E q CGI é esse meobrazeel?? Até meu PS3 de 2007 consegue gráficos mais realistas q isso

Isso foi gritante no primeiro filme também. Usaram tanto CGI no personagem ( com a ideia de deixá-lo com movimentos mais próximos de uma aranha ) que ficou totalmente fake. A cena final do Electro atacando o herói nesse trailer parece algum jogo saído do Playstation 2.

quase nada
Foto de quase nada

Gostei do Cavalo de Aço e do Duende Perturbado, mas esse Eletron ai ta mais pra proton.

Castrezana
Foto de Castrezana

Justamente o contrário.

O filme é bem melhor que o primeiro, respeita mais os quadrinhos, tem mais humor e a pior parte é a explicação de como o Peter virou o Aranha.

Agora notem, desde de a primeira primeiríssima cena até a última que o diretor se inspirou até o rabo em Watchmen para criar o Electro, que é um herói muito mais poderoso do que suportaria o Aranha.

Entre os filmes de heróis atuais, o melhor. O que não é exatamente um bom motivo pra ir ao cinema assistir. Mas muito melhor que a papagaiada que foi o último Capitão América.

--
Rodolfo Castrezana
Nerd Rabugento

uplan
Foto de uplan

 

___________________________________________________________________________

não existe certo ou errado 

so existe o que você faz

quase nada
Foto de quase nada

Durante o filme eu só ouvia bocejos e gente chiando das patéticas cenas de romance. Na versão do raimi eu achava bonitinho, mas aqui não deu certo. O Andrew Garfield é feio demais pra ser considerado gente, a cabeça dele tira minha concentração. A Emma zoião tb não é lá essas coisas, mesmo assim é muito mais bonita que ele, fica o típico casal que ninguém acredita (tipo aquela gostosinha com o Michael Cera no Scott Pilgrim). Biologicamente falando, acho até que eles não conseguiriam se reproduzir (teriam que apelar pra um bebe de punheta ou adoção).

O James Fox fazendo o Eletro na fase nerd me lembrou o eddie murphy no Professor Aloprado, só que pior. Na fase maligno até que ele fica legal, mas quase não aparece, só da pra ver beiço, veia e olho. Parece uma piroca azul estrangulada.

Outro que fez pouco e fedeu muito foi o Paul Giamatti, esse até que é bom ator, mas aqui faz um vilão caricatural nível Patrulha salvadora (com direito a risadinha do maligno e tudo mais).

O filme fica interessante quando está focado nas cenas de ação, mas dois minutos depois se perde com o cabeção discutindo o relacionamento. O negócio de ter tres vilões, esquece, bem que eu queria, pois o Rhino e o Duende Cariado (ótimo ator, mas só aparece com o uniforme uma única vez) só fazem ponta, pois o burro do roteirista preferiu dar enfoque a coisas mais "importantes", tal como o 'interessante" dilema da Gwen ir estudar no exterior. 

As partes ruins estragam as boas e quando um "tal" personagem morre, ninguém liga, pra falar a verdade eu até escutei algumas palmas. O choque de tom com o filme do Capitão américa é gritante, o homem aranha procura agradar garotos de 10 anos. Todas as piadas são bobinhas, a melhorzinha é quando ele aparece com chapeu de bombeiro, ficou com cara de gibi, bem fanfarrão, mesmo assim quem mais vai rir é a garotada pepota.

A única coisa certa que o Castenaza falou é sobre o diretor ser copião, o bicho é tão fraco que ressuscitou o bullet time e o tal efeitinho de clipe dos anos 2000 (com a camera andando pelo meio das pessoas paradas, estilo a abertura da novela da record). O Dré e Agraciotti, que são guias da CVC em NY, vão logo reconhecer o local dessa cena (a tal escadaria vermelha do tkts [onde os pobres compram ingresso pro Wicked, pras duas da manhã e sentandos do lado de fora do teatro]). 

Um detalhe que atiçou os fanboys é que no fim dos créditos tem um teaser do xmen... Será que vai rolar uma pontinha do homem aranha por lá?

nota: 5,3
 

Dré
Foto de Dré

quase nada wrote:
O Dré e Agraciotti, que são guias da CVC em NY, vão logo reconhecer o local dessa cena (a tal escadaria vermelha do tkts [onde os pobres compram ingresso pro Wicked, pras duas da manhã e sentandos do lado de fora do teatro]). 

Aliás, estive lá semana passada e fiquei decepcionado com a falta de divulgação do filme. No máximo, tinha uns luminosos nos táxis e uma imagem na fachada da Toys R Us ( divulgando mais os brinquedos que o filme ). Nos outros filmes, a Sony enchia a Times Square de teias de aranha, distribuia gibis e brindes, era show de bola.

Livia
Foto de Livia

Dré wrote:

quase nada wrote:
O Dré e Agraciotti, que são guias da CVC em NY, vão logo reconhecer o local dessa cena (a tal escadaria vermelha do tkts [onde os pobres compram ingresso pro Wicked, pras duas da manhã e sentandos do lado de fora do teatro]). 

Aliás, estive lá semana passada e fiquei decepcionado com a falta de divulgação do filme. No máximo, tinha uns luminosos nos táxis e uma imagem na fachada da Toys R Us ( divulgando mais os brinquedos que o filme ). Nos outros filmes, a Sony enchia a Times Square de teias de aranha, distribuia gibis e brindes, era show de bola.

Mês passado eu estava na disney em paris, quando o pessoal começou a correr pra uma praça lá, eu não de atenção, aí no dia seguinte vi na TV que era o andrew garfield e a emma stone tirando foto com o pessoal. isso a uns 200 metros de onde eu estava

fiquei chateada

:/

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Dré
Foto de Dré

Livia wrote:

Mês passado eu estava na disney em paris, quando o pessoal começou a correr pra uma praça lá, eu não de atenção, aí no dia seguinte vi na TV que era o andrew garfield e a emma stone tirando foto com o pessoal. isso a uns 200 metros de onde eu estava

Vale a pena ir nessa Disney? Numa viagem de uma semana por Paris, vale a pena perder um dia lá? Aliás, dá pra ver tudo num dia só?

Livia
Foto de Livia

Dré wrote:

Livia wrote:

Mês passado eu estava na disney em paris, quando o pessoal começou a correr pra uma praça lá, eu não de atenção, aí no dia seguinte vi na TV que era o andrew garfield e a emma stone tirando foto com o pessoal. isso a uns 200 metros de onde eu estava

Vale a pena ir nessa Disney? Numa viagem de uma semana por Paris, vale a pena perder um dia lá? Aliás, dá pra ver tudo num dia só?

se vc for pra ir na disney, não, vá pra flórida. mas, indo a paris, com dias de sobra e filho pequeno, como eu, sim, vale.

O ideal é tirar um dia para visitar a disney e o outro pra visitar a parte do estudio. mas dá pra ver os dois num dia só, de preferencia num meio de semana. eu fui na sexta e estava bem lotado.

Mas assim, se não fosse pela minha filha, eu não iria lá, pq os brinquedos são cópias dos da disney da florida e da califórnia. se já foi nesses dois não vai ver novidade.

e cuidado com taxi, o cara me cobrou 80 euros por 30 kilkometros. quase chorei, pq tem o metrô pertinho, mas a valentinha tinha dormido e eu acabei indo de taxi pro centro, mas me arrependi.

edit: leve comida. é caro demais, até pra disney. 8 euros num cachorro quente que é só um pão com uma salsicha no meio foi o fim.

e os atendentes, principalmene das lojas e lanchonetes, são bem fdp, falam em ingles com vc e tiram sarro em francês com os colegas.

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Dré
Foto de Dré

Livia wrote:
se vc for pra ir na disney, não, vá pra flórida. mas, indo a paris, com dias de sobra e filho pequeno, como eu, sim, vale.

Já conheço a Disney de Orlando por inteiro e como vou pra França no final do ano, tô avaliando se vale esticar um dia até ao parque de Paris. E vou sem crianças, então imagino que dá pra eliminar os brinquedos infantis e conhecer o Parc Studios no mesmo dia.

Livia
Foto de Livia

Dré wrote:

Livia wrote:
se vc for pra ir na disney, não, vá pra flórida. mas, indo a paris, com dias de sobra e filho pequeno, como eu, sim, vale.

Já conheço a Disney de Orlando por inteiro e como vou pra França no final do ano, tô avaliando se vale esticar um dia até ao parque de Paris. E vou sem crianças, então imagino que dá pra eliminar os brinquedos infantis e conhecer o Parc Studios no mesmo dia.

sim, mas

ja foi ao louvre? eu trocaria fácil o dia na disney por um dia a mais no louvre.

na verdade ano que vem vou largar a valentina com minha mãe, viajar com criança é complicado, vc não aproveita nada. to extressada.

quero viajar em abril ou maio, primavera por lá, quero ir pra londres, de lá de trem pra paris e de lá de trem de novo pra roma. ainda estou pensando se vale a pena chegar em istambul.

mas um dia quero ir só pra viajar na noruega, na suécia e na finlandia. deve ser violentamente lindo.

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Dré
Foto de Dré

Livia wrote:
ja foi ao louvre? eu trocaria fácil o dia na disney por um dia a mais no louvre.

Nunca fui, vai ser minha primeira ida a França. Mas não consigo ficar muito tempo em museu, por mais fodão que ele seja - aquele silêncio, aquela contemplação toda me dá sono.

Também vou esticar até Londres de trem, mas quero me focar nestas duas cidades desta vez.

agraciotti
Foto de agraciotti

Livia wrote:

ja foi ao louvre? eu trocaria fácil o dia na disney por um dia a mais no louvre.

Prefiro mil vezes a Disney. 

 

Livia wrote:

mas um dia quero ir só pra viajar na noruega, na suécia e na finlandia. deve ser violentamente lindo.

Suécia <3

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Dré
Foto de Dré

Primeiro, vamos deixar de lado a impressão ( hoje certeza absoluta ) de que a trilogia original do Homem-Aranha, com Sam Raimi, Tobey Maguire e Kirsten Dunst, é melhor do que este remake desnecessário. E este filme é a segunda prova disso, já que ele é um repeteco de tudo que havia de errado no anterior – tanto que, já que o diretor não se esforçou, eu também não vou e repito tudo o que escrevi sobre o primeiro: este Espetacular Homem Aranha 2 não tem nada de espetacular e é um filme chato, irregular, claramente feito sob encomenda ao diretor errado, perdido entre referências das HQs, da trilogia anterior e procurando uma identidade própria. E pasmem: consegue errar em basicamente tudo.

Confesso que nunca fui muito fã do Homem-Aranha nos quadrinhos. Gostava das tiradas e diálogos dele com outros personagens, mas nunca entendi como alguém com poderes tão legais pudesse continuar se sentindo fracassado. Mais adulto, entendi que o herói deve sofrer de algum tipo de insegurança crônica que vai embora quando ele coloca o uniforme, ou que sofre de dupla personalidade ou é perturbado mesmo. Porque qualquer pessoa, por mais problemas e insegurança que tiver, certamente se sentiria infinitamente melhor com a possibilidade de pular de prédio em prédio por Nova York ou com a chance de salvar a vida de outras pessoas. Em suma, até gosto do Homem-Aranha, mas não engulo Peter Parker.

Nos filmes do Sam Raimi, a situação foi levemente remediada: Parker era algo próximo de um nerd ( coisa que conseguimos nos identificar ), mas se empolgava tanto quando vestia o uniforme que a persona chata do Parker não atrapalhava. O diretor conseguiu até bons momentos com Peter Parker, que, às vezes, pareceu fazer uso do mesmo artifício que o Superman ( que usa Clark Kent como um mero disfarce ), mostrando que o Aranha divertido e fanfarrão se escondia atrás do problemático fotógrafo.

Mas nesta nova série de filmes, Peter Parker é o centro das atenções. E ele é chato, muito chato. Sua tia May é chata ( sempre foi, aliás ). Seus pais eram chatos. Sua namorada é totalmente inverossímil: gata, rica, gênia, indecisa e com um papo muito chato. Seu melhor amigo é um chato chorão de galocha. Quando vira o Homem Aranha, ele mostra uma expressão corporal infeliz, de pessoa meio cansada, a não ser quando está pulando entre prédios. Os vilões, então... Dos três que aparecem, um é o típico brutamontes gritalhão, o outro é um maníaco deprimido e o último um filhinho de papai. Tudo muito batido e chato.

Por isso, tanto faz a trama, o romance, o ação, os efeitos. Você sempre vai estar rodeado de personagens chatos e idiotas neste filme. Em quase todas as cenas, as atitudes dos personagens são as mais absurdas possíveis.

O Homem Aranha, no meio de uma batalha com inimigo mega poderoso na Times Square, rodeado de gente e câmeras, vai conversar com a namorada.

Peter Parker termina umas cinco vezes com a namorada gata por conta da promessa que fez ao falecido pai dela de manter distância pra protegê-la – mas, como Homem Aranha, resolve escrever um I LOVE YOU gigante com teias na ponte do Brooklyn, pra qualquer inimigo ver.

A namorada Gwen Stacy, gênia absurda, resolve largar uma carreira em potencial na Oscorp pra fazer intercâmbio ( e só, porque Emma Stone, melhor coisa do filme anterior, aqui tá apagadaça ).

A Tia May vê o sobrinho todo quebrado e sujo, ele diz que estava limpando a chaminé que eles não têm, e ela fecha a porta e vaza.

O Electro era mega fã do Homem Aranha até ver uma imagem dele na Times Square, e aí resolve matá-lo, porque sim.

O Doente Verde, estranhíssimo e deprimido BFF de infância do Peter Parker, enfia na cabeça que só o sangue do Homem Aranha pode salvá-lo de uma doença, mesmo sendo bilionário e podendo torrar a grana atrás de uma cura ( ele tem até uma empresa especializada nisso ) ou curtindo a vida adoidado até os últimos minutos.

E por aí vai. Chega uma hora em que tudo se torna tão pastelão que você se esparrama na cadeira, dá aquela bebida no refri e fica só esperando a próxima cena de ação – até porque o filme é totalmente construído em alternar uma cena de ação com uma de relacionamento ( sendo que estas últimas são bem mais longas do que deveriam ). Pior que as duas cenas de luta com o Electro são um balde de água fria – muitos games fazem melhor ( Infamous foi referência óbvia pro diretor aqui ), são noturnas pra apagar os efeitos meia-boca e parecem coisa de novela da Record quando lembramos das sensacionais sequências do recente Capitão América. Os efeitos sonoros são ok, ao menos.

Mesmo quando um personagem morre, a reação é tão exagerada do Homem Aranha que qualquer peso da cena some em segundos, porque você se segura pra não rir da careta que o ator faz.

Enfim, uma vergonha. Filminho feito a toque de caixa pra vender mochila, lancheira e toalha de praia, porque não há um pingo sequer de criatividade aqui. Pior filme do Homem-Aranha, pior coisa da Marvel no cinema – tá ali no nível Demolidor e Elektra.

E pra fechar com chave de latão enferrujado: na sessão que eu vi não passou o teaser do novo X-Men durante os créditos.

P.S.: falando em créditos, no filme anterior aparecia uma figura indo falar com o Lagarto na prisão, no meio dos créditos... quem é esse? O pai do Harry? Não lembro disso ter sido citado neste filme.

Dré
Foto de Dré

Bwahahaha, adorei!

Mauricio Werner wrote:

Homem Aranha, Brasil e a Copa

Acabo de assistir ao filme O Fantástico Homem Aranha II e pensando fora das telas, observei alguns pontos em comum com o Brasil e com a Copa :

1- Muita mentira

2- Elevado custo de produção

3- História fraca

4- Muitos efeitos especiais desnecessários

5- Nenhuma novidade

6- Muita promoção

7- Muitas mortes, acidentes e crateras abertas em tudo quanto é lugar

8- Grande desperdício de tudo

9- Mensagem de baixa qualidade

10- Legado zero

 

Tão perto da Copa, tão longe de tudo…

Um abraço e até o próximo post!!!

Mauricio Werner