Jenna Fischer: minha nova paixão televisiva

13 posts / 0 new
Último post
Bennett
Foto de Bennett
Jenna Fischer: minha nova paixão televisiva
AnexoTamanho
Image icon jennafischer.jpg23.28 KB

Estou totalmente viciado em The Office, versão americana. O Castrezana falou mal da série baseado em metade do primeiro episódio (o único que aproveita roteiro da versão inglesa): ignorem o que ele diz, é a MELHOR série cômica que eu tenho o prazer de ver na TV (monitor) desde Seinfeld. É tão boa assim. Depois de uma primeira temporada meio capenga em audiência (6 episódios), a série foi renovada para uma segunda temporada, ainda em progresso (estamos no capí­tulo 18), e só teve dois episódios mais ou menos até agora. Dois. E mesmo esses são legais. Todos os outros têm pelo menos um momento cômico espetacularmente hilariante...para o meu senso de humor, pelo menos. Eu reclamei do Castrezana, mas até entendo quem não goste da série. Se bem que é difí­cil achar um elenco mais em sintonia, trabalhando em cima de roteiros mais bem escritos do que esses, no momento.



Mas voltando ao tí­tulo do tópico (aliás, voltando não, começando...), Jenna Fischer é imbatí­vel no quesito bonitinheza. Ela não é linda, ela é bonitinha. Mas é de uma bonitinheza tão cativante, que é arrebatadora. Parte do motivo da série funcionar é o romance platônico entre ela e o funcionário de vendas Jim, e a atuação corporal PERFEITA dela. Cada trejeito é meticulosamente planejado, cada virada de olhos, cada torcida de boca. É uma atriz excepcional, com timing invejável, espantosamente expressiva, que deveria estar ganhando prêmios por aí­. Estou totalmente cativado e querendo mais. Ela é casada com o James Gunn, da Troma, e deve aparecer em breve em Slither. Além de bonitinha, tem laços fortes com o horror trash.



Confiram o Myspace da personagem Pam Beesley, que também funciona como blog para Jenna. [Digressão: Faz muito sentido eles terem Myspace nesse escritório. É o seriado mais inteirado com a Internet que eu já vi, há várias referências ao compartilhamento de arquivos, até agora sempre visto positivamente. Tem um personagem que fica baixando música e ví­deo no trabalho, e um outro faz propaganda do site Allofmp3, de legalidade questionável nos EUA...o pessoal que escreve deve baixar bastante coisa.]



O próximo episódio é na semana que vem, depois ficaremos um mês sem The Office (já estou sentindo falta). Daí­ roda ininterruptamente até o final da temporada. Estou muito entusiasmado com essa série e, é claro, com a Jenna. Só para reforçar: em uma escala de 1 a 10, nota 11 de bonitinheza.



[inline:1]

Terenzi
Foto de Terenzi

Que isso.... Você se mostrou tão empolgado que até me animei de baixar alguns epsódios pra confirmar. Que tipo de comédia eles fazem heim? tipo... compara com algum outro seriado aí­

Bennett
Foto de Bennett

Lembra um pouco o filme Office Space.

Blain
Foto de Blain

Bennett wrote:
Lembra um pouco o filme Office Space.




Um dos filmes mais geniais que eu já assisti. Acredite, eu vivo as situações do filme diariamente. Todas.

Bennett
Foto de Bennett

Você vai curtir a série, então.

Castrezana
Foto de Castrezana

Eu falei que ia baixar pra ver se mudo de opinião, mas ainda não me empolguei. Mas baixarei, em breve.



-----------



Rodolfo Castrezana

Conhece o OMEdI?

--
Rodolfo Castrezana
Nerd Rabugento

Terenzi
Foto de Terenzi

Eu começei a assistir semana passada. Mas os dois primeiros epsodios não me empolgaram muito. Vou ver os outros pra sentir se melhora. Mas de qualquer forma achei engraçado, só não achei maravilhoso, mas quem sabe né?

Bennett
Foto de Bennett

Melhor substancialmente na segunda temporada, mas eu adoro a primeira também.

Castrezana
Foto de Castrezana

Indico My Name is Earl.



-----------



Rodolfo Castrezana

Conhece o OMEdI?

--
Rodolfo Castrezana
Nerd Rabugento

João Lucas
Foto de João Lucas

Bennet, você é o rei do hype, caramba. : ) Baixei todos episódios e assisti tudo praticamente de uma só vez, tamanha a qualidade do negócio. Virei a madrugada, valeu a pena.



Tinha assistido alguns episódio da versão inglesa da série e não achei grandes coisas, mesmo com seus comentários eu comecei a ver a versão americana meio reticente, mas logo na primeira cena com o Steve Carrel eu já animei. Esse cara é perfeito, um dos melhores atores de comédia da atualidade. Deve ser por causa dele, e seu sucesso no Virgem de 40 anos, que a série foi renovada.



DWIGHT! DWIGHT! Porra, virei fã desse cara. Na primeira temporada eu não fui tanto com a cara dele mas na segunda ele mostrou ser bem mais que o tí­pico cara chato. Alguns dos melhores momentos: seu discurso a lá Mussolini, e quando ele chega no depósito para passar o dia com os outros funcionários e compara esse momento com Lost no qual os sobreviventes encontram os The Others. huhauhuau



Jenna Fischer é uma tetéia mesmo, mas eu bem que gostei da ruiva que namorou o Jim. Ela deve ter sido reprovada para o papel da Jenna mas dera um jeito de aproveitá-la.



Estou na expectativa para o novo episódio no dia 27. Continua com esses hypes aê. : )

Bennett
Foto de Bennett

Dwight Schrute wrote:
Together, we SHALL prevail!




Hahahaha. Aquela do "Remember on Lost, when they met the Others?" também foi legal. E ele isolado no carro escutando Everybody Hurts. E ele não percebendo que o Oscar era gay. Aliás, tem uma atrás da outra do Dwight...O legal tanto o Dwight quanto o Michael Scott têm se demonstrado cada vez menos detestáveis. Agora eu tenho uma grande sensação de pena, misturada com um pouco de ódio, que é mais ou menos como o resto do escritório se sente em relação a ambos. Aquela cena no episódio das crianças com o Michael no programa infantil é sensacional...a cara que o ratinho faz depois é hilária, e a gente percebe que o Michael no fundo só quer ter amigos, mas é chato demais para conseguir.



O romance Dwight/Angela também está bacana. Aquela cena do biscoito é fenomenal ("What if I'm HUNGRY?", "NO cookie!") hahaha. Só a cara que o Ryan faz depois vale o episódio inteiro.



Estou assistindo í  versão inglesa, mas é totalmente diferente e eu prefiro bem mais a americana. O tom é bem mais dark, chega quase a ser deprimente, e é bem menos engraçada. Interessante como o template é praticamente o mesmo, mas como as séries divergem radicalmente...Prefiro bem mais o Michael Scott do que o David Brent (e preferiria trabalhar com o Michael, também). Até dançar o Michael dança melhor. Eu não conseguia parar de rir no episódio do Booze Cruise. Mas pra falar a verdade, qualquer fora do Michael é fenomenal. Ele com a apresentação "Faces of Scranton" ao som de With or Without You é algo além de espetacular ("Look at her...look how cute. Not bad! Not bad at all!").



Também mal posso esperar pelo dia 27, e pelos últimos episódios. Com certeza não vai rolar o casamento da Pam nessa temporada.(De fato a Katie é sensacional..."An improved version of Pam" hahaha).

João Lucas
Foto de João Lucas

O Michael Scott é o sonho de qualquer psicólogo. Eu adoro esse cara. Eu também tenho um pouco de pena, a cada vez mais vemos porque dele ser chato daquele jeito (obnoxious é apalavra ideal para descrevê-lo), ele quer ser engraçado a qualquer custo achando assim que vai ser amado.



Aproveitando a comparação que você fez do The Office com o Seinfeld diria que os foras do Michael são quase tão aburdos e engraçados quanto os do George.



Outra parte ótima é a fixação do Michael pelo Ryan. Aliás, ele é um dos roteirista, não é?



Quero ver como eles vão lidar com o caso Jim e Pam. Se esse namoro dos dois não sair do armário logo logo vai ficar bem chato.

Bennett
Foto de Bennett

Ryan, Kelly e Toby, os três são roteiristas. Eu gosto das patadas que o Michael dá no Toby, coitado. Essa do último episódio, dos donuts, foi cruel.



O namoro já saiu do armário quando o Michael resolveu abrir a boca...mas acho que se eles assumirem perde a graça, isso vai acontecer só mais pra frente no seriado, tipo Niles e Daphne.